segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Suzano realizará atendimento de abono salarial a partir de agosto

13 junho 2017 - 08h00

A partir de agosto o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de Suzano realizará o atendimento de abono salarial para os trabalhadores do município e da região. A expectativa do órgão é atender, inicialmente, até 15 casos por dia. O dado é referente também ao atendimento de seguro- desemprego, que é realizado há nove meses. O Ministério registrou cerca de 2,7 mil atendimentos neste período. Além disso, os casos de homologação - que tinha fila de espera - foram zerados. Atualmente, o atendimento do abono salarial é realizado em Guarulhos. Os trabalhadores do Alto Tietê são obrigados a agendar uma data e horário para iniciar o trâmite ou receber o benefício na Capital. Com a chegada do serviço à unidade de Suzano, os trabalhadores terão a ação facilitada. De acordo com a chefe do Posto de Trabalho de Suzano, Kássia Yumi Inomata, as pessoas já buscavam o benefício antes. "Vai ser melhor para os trabalhadores na questão de terem melhor acesso. Não precisarão ir até São Paulo para resolver o abono. Várias pessoas pediam a implantação do atendimento aqui. Agora terá", explicou. Segundo o auditor fiscal José Luiz Lázaro, o convênio da Prefeitura com o MTE auxiliará no atendimento do benefício. "Temos quatro agentes administrativos do Executivo nos ajudando. Um apoio essencial em um momento tão importante que será para os trabalhadores da região", destacou. Os interessados no atendimento do abono deverão entrar no site (saaweb.mte.gov.br) e agendar uma data e horário, que serão disponibilizados em todos os dias da semana, exceto quarta-feira. Para mais informações, o MTE de Suzano fica aberto em dois períodos, das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas. Em relação à homologação, os atendimentos são realizados de terça e quarta-feira. Os trabalhadores precisam levar apenas a carteira de trabalho. O atendimento seguro-desemprego segue o mesmo método do abono. ABONO O abono é o pagamento anual de um salário mínimo ao trabalhador de empresas, entidades privadas e órgãos público contribuintes do Programa de Integração Social (PIS) ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasesp), com o objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores públicos e privados.

Deixe seu Comentário

Leia Também