segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Suzano recebe 72 recadastramentos de vans do transporte complementar

Prazo, encerrado em 7 de julho, foi prorrogado para que os interessados possam se apresentar

19 julho 2017 - 07h28Por Marília Campos - De Suzano
O transporte complementar de Suzano recebeu 72 recadastramentos de permissionários para atuação no município. O número representa cerca de 48,98% do total de 147 licenciados esperados para a listagem. O prazo, encerrado em 7 de julho, foi prorrogado para que os interessados possam se apresentar. Ele se encerra no dia 21.
 
Segundo a Prefeitura, entre as pessoas que não fizeram o recadastramento, 19 não compareceram ao local e 56 estão com pendências. O recadastramento dos permissionários do transporte complementar é importante para que o serviço das vans seja prestado de maneira adequada, visando às condições de regularidade e continuidade das atividades, além de modicidade de tarifas, segurança, conforto, higiene e pontualidade. De acordo com a administração, a princípio, não deverá acontecer novos chamamentos abertos para a listagem. 
 
Os processos de vistoria dos veículos são realizados pela Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana. O edital, aberto aos permissionários em maio, expunha que os proprietários das vans devem submeter os veículos às vistorias periódicas, uma vez que só automóveis registrados e cadastrados pela administração municipal podem prestar o serviço de transporte complementar na cidade. 
 
O credenciamento acontece pessoalmente, na Secretaria de Trânsito, que fica na Rua José Correa Gonçalves, 152, no Centro. O veículo passa pela vistoria sob um custo fixo de R$ 77,75, a ser pago na agência bancária de escolha do permissionário. 
 
É importante ressaltar que, no ato da vistoria, o responsável pelo automóvel também deve apresentar o prontuário da habilitação, xérox da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) junto com original, atestado de antecedentes criminais, certidão negativa de débitos municipal e comprovante de endereço atualizado, além de alvará de licença, xérox do licenciamento do veículo, laudo de tacógrafo expedido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e seguro de Acidentes Pessoais e Passageiros (APP). Para outras informações ligue 4746-1166.

Deixe seu Comentário

Leia Também