sábado 15 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 15/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Nas ruas

Suzano terá ato contra a Reforma da Previdência

Concentração será a partir das 9 horas, na Praça dos Expedicionários

13 junho 2019 - 00h04Por de Suzano
A Frente Suzano Contra a Reforma da Previdência, formado por sindicatos e movimentos sociais, promove na sexta-feira (14) um ato da Greve Geral na cidade. A concentração está será a partir das 9 horas, na Praça dos Expedicionários.
 
Convocada pelas centrais sindicais e pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, a Greve Geral marca a luta contra a proposta de reforma da previdência do governo Bolsonaro, pela Educação Pública e por mais empregos. 
Em Suzano a paralisação já conta com adesão dos Sindicatos das seguintes categorias: Professores da rede pública estadual (Apeoesp); Servidores Públicos Municipais; Metalúrgicos; Construção Civil; Papeleiros; Refeições; Químicos, Vidreiros, além da Central Pró-Moradia Suzanense (Cemos), Central de Movimentos Populares (CMP) - Alto Tietê e de movimentos de juventude da cidade: Afronte e JPT.
 
Manifestação
 
Conforme a organização comunicou as autoridades competentes, após a abertura do ato, na Praça dos Expedicionários, os manifestantes caminharão pela rua General Francisco Glicério até a Praça João Pessoa, onde haverá o encerramento. 
 
À tarde, muitos dos manifestantes suzanesnses vão para São Paulo, onde haverá um grande ato da Greve Geral que começa às 16 horas no vão livre do Masp, na avenida Paulista.