Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 21 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL
CENTERPLEX 15 A 21/08

Suzano vai participar do Fórum Brasileiro de Segurança Pública na Paraíba

GCM vai apresentar programa Patrulha Maria da Penha desenvolvido na cidade

Por de Suzano31 JUL 2019 - 07h30
Convite para participar do fórum foi motivado pela conquista da corporação, no ano passado, do Selo FBSP de Práticas Inovadoras em referência ao trabalho desempenhado na proteção das vítimas de violência e combate à reincidência dos agressoresFoto: Irineu Junior/Secop Suzano

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano embarcou nesta terça-feira (30) para João Pessoa (PR) para participar do 13º Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), que ocorrerá entre 31 de julho a 2 de agosto. Na oportunidade, o programa Patrulha Maria Penha será apresentado durante a 2ª edição do workshop Práticas de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres.

Segundo o comandante da GCM, Sérgio de Assis Andrade, o convite para participar do fórum foi motivado pela conquista da corporação, no ano passado, do Selo FBSP de Práticas Inovadoras em referência ao trabalho desempenhado na proteção das vítimas de violência e combate à reincidência dos agressores. O agente destaca, ainda, que toda a viagem está sendo custeada pelo FBSP.

A apresentação das ações bem-sucedidas em Suzano será feita pelo próprio comandante da guarda ao lado de outras autoridades e representantes de demais iniciativas documentadas no âmbito do Selo FBSP de Práticas Inovadoras no Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres no país. Entre eles, o ‘Projeto Violeta’, do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro; o ‘Maria vai à escola’, do TJ de Roraima; e a Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar da Bahia. As experiências desenvolvidas e compartilhadas sobre o tema irão compor um livro a ser lançado durante a programação do fórum.  

O comandante Assis relembrou a importância da Patrulha Maria da Penha em Suzano, sendo o primeiro de origem municipal a ser premiado pelo órgão nacional, composto por representantes do Executivo, do Judiciário e da sociedade civil organizada. “O reconhecimento destaca a contribuição do nosso trabalho ao enfrentamento da violência na cidade, por meio de práticas inovadoras com potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade social”, explicou.

No último ano, a patrulha suzanense alcançou a marca de mais de 34 mil rondas realizadas para garantir medidas protetivas e 30 prisões em flagrante de agressores que desobedeceram à lei. Uma dessas situações foi verificada recentemente neste mês, em 12 de julho, quando a GCM deu voz de prisão a um acusado de agredir a ex-mulher, vítima de violência doméstica assistida pela Patrulha Maria da Penha. Ele desrespeitou a medida protetiva que determinava a distância de cem metros dela e foi autuado em flagrante.  

Para o comandante Assis, a expectativa é de que a participação no evento na Paraíba venha a contribuir e fortalecer o trabalho dos agentes, por meio da troca de experiência com outros projetos de destaque no país, sendo que o fórum visa oferecer um diálogo qualificado entre os protagonistas da segurança pública, incluindo policiais, gestores públicos estaduais e municipais, integrantes do sistema de justiça criminal, sociedade civil e academia. 

“Nosso trabalho é diário e estamos todos unidos em busca de mais qualidade de vida às mulheres que já foram vítimas de violência doméstica. Agradeço ao secretário de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira, à subcomandante da guarda, Rosemary Caxito, e, principalmente, ao prefeito Rodrigo Ashiuchi e sua esposa, Larissa Ashiuchi, por todo o apoio oferecido e suporte nesta caminhada”, declarou.

Neste ano, o FBSP ainda traz temas relacionados ao Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), a construção de articulação, integração e coordenação entre as diferentes instituições públicas do sistema e a seleção de prioridades, assuntos estratégicos para o avanço dos debates e ações de segurança na redução do crime, da violência e do medo no país.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias