quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

USF Eduardo Nakamura recebe ação de mobilização sobre autismo

Atividade aconteceu em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo, ocorrido em 2 de abril

25 abril 2023 - 22h00Por de Suzano
A Secretaria de Saúde de Suzano realizou na última quarta-feira (19/04) uma ação de mobilização social em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo, ocorrido em 2 de abril. A atividade foi realizada na Unidade Saúde da Família (USF) Eduardo Nakamura, no bairro Cidade Miguel Badra Baixo, e foi conduzida pela gerente da unidade, a enfermeira Maria Lucia de Souza, e pela psicóloga Cristiane Teixeira da Silva. O objetivo foi celebrar a diversidade com pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares. A ação contou com a presença do secretário Pedro Ishi e do vereador Marcos Antônio dos Santos, o Maizena.
 
Durante a iniciativa, que teve a presença de 350 pessoas, foram realizadas atividades lúdicas circenses destinadas às crianças, além de ações de educação em saúde com a equipe de odontologia. Na ocasião, também foi promovida uma palestra e distribuição de fôlderes e cartas escritas por familiares de pessoas com TEA, a fim de diminuir a discriminação e o preconceito com este público.
 
Outro ponto destacado foi o atendimento das pessoas com autismo na unidade, que é realizado de forma contínua, integral e interdisciplinar por profissionais das áreas de psicologia, psiquiatria, médica, estratégia saúde da família, enfermagem, odontologia, agentes comunitários de saúde e a equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf).
 
A gerente da USF Eduardo Nakamura destacou que o resultado dos trabalhos realizados com pessoas autistas é de extrema importância para o seu devido desenvolvimento. “Sem dúvidas, é fundamental ofertar este tipo de serviço interdisciplinar, integrando e valorizando áreas técnicas e profissionais para redimensionar práticas em saúde equitativa, diminuição dos agravos, atendimento humanizado e inclusivo”, disse Maria Lucia.
 
Por sua vez, para o secretário de Saúde é essencial ter um time multiprofissional para prestar este tipo de atendimento. “Uma equipe composta por profissionais de diversas áreas tem uma capacidade maior de analisar e oferecer diferentes opções de abordagem para cada pessoa, família e momento. Desse modo, é possível contribuir com uma melhora progressiva na qualidade de vida das pessoas autistas”, afirmou Pedro Ishi.