terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Copa do Mundo 2022

É HOJE: Com chances de classificação, Brasil e Suíça duelam pelo Grupo G

Partida tem início às 13h desta segunda-feira, no Estádio 974, em Doha

28 novembro 2022 - 11h16Por da Agência Brasil
Em busca do hexacampeonato na Copa do Mundo do Catar, a seleção brasileira de futebol masculino encara a Suíça, às 13h (horário de Brasília) desta segunda-feira (28), pela segunda rodada da fase de grupos. Líder do Grupo G, com três pontos, o Brasil busca a classificação antecipada às oitavas de final do Mundial, assim como a Suíça, também com três pontos, que ocupa o segundo lugar na chave devido ao saldo de gols. No mesmo grupo estão Camarões e Sérvia que ainda não pontuaram na competição. 
 
Brasil e Suíça já empataram duas vezes em Mundiais: na primeira delas, na primeira Copa realizada no Brasil, em 1950, o placar foi de 2 a 2 no Estádio do Pacaembu, em São Paulo;  e na última edição da Copa, na Rússia, em 2018, o confronto terminou em 1 a 1. 
 
Na fase de grupos da Copa do Catar o escrete canarinho estreou com vitória por 2 a 0 contra a Sérvia. Em coletiva na tarde de domingo (27), Tite manteve suspense sobre quem serão os substitutos do atacante Neymar e do lateral-direito Danilo, lesionados com gravidade na última quinta (24). A expectativa é que o técnico relacione Fred no lugar de Neymar, opte por Lucas Paquetá como meia-atacante e arrisque Éder Militão na lateral-direita, posição já exercida pelo defensor do Real Madrid.
 
O Brasil deve enfrentar a Suíça com Alisson, Éder Militão (Daniel Alves), Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Lucas Paquetá e Fred (Bruno Guimarães, Rodrygo ou Everton Ribeiro); Raphinha, Richarlison e Vinícius Júnior.
 
Já a Suíça, comandada por Murat Yakin, deve começar jogando com o mesmo elenco que triunfou por 1 a 0 sobre a seleção de Camarões: Sommer, Widmer, Akanji, Elvedi e Ricardo Rodríguez; Freuler, Xhaka, Shaqiri, Sow e Rubén Vargas; Embolo.