domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Lance Livre

Lance Livre 02-08-2017

02 agosto 2017 - 05h00Por Edgar Leite
Vencimentos em Mogi
A polêmica em torno dos salários dos políticos de Mogi das Cruzes chegou ontem a um novo desfecho. 
 
Redução
A Justiça determinou a redução de 6,54% dos vencimentos para os cargos de prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores.
 
Salário do prefeito
O salário do prefeito que era previsto para julho em R$ 29,3 mil, com a redução ficará em R$ 27,5 mil.
 
Vereadores
O subsídio dos vereadores foi reduzido de R$ 12,9 mil para R$ 12,1 mil.
 
Dia D da votação
A Câmara dos Deputados vota hoje se autoriza o prosseguimento da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB) por corrupção passiva . 
 
O voto de  
Márcio Alvino 
Políticos e eleitores da região vão ficar de olho como deve votar o deputado da região Márcio Alvino (PR).
 
Sessão
A sessão de votação está marcada para hoje, mas a conclusão da análise depende da presença dos deputados no plenário. No Senado, a semana começa com reunião de líderes para definir a pauta de votações dos próximos dias. 
 
MP
As acusações do Ministério Público contra Temer têm como base a delação premiada dos executivos da J&F, controladora da JBS. 
 
Autorização
Por se tratar do presidente da República, o Supremo Tribunal Federal (STF) só poderá analisar a denúncia se receber autorização da Câmara. Cabe aos deputados, no plenário da Casa, a palavra final sobre autorizar ou não a continuidade do processo no Poder Judiciário.
 
342
Para que a denúncia seja autorizada, ao menos 342 deputados terão que votar contra o parecer que recomenda a rejeição da denúncia.