sábado 02 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/03/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Lance Livre

LANCE LIVRE 05-04-2023

05 abril 2023 - 05h00Por Edgar Leite

Empreendedora
Na semana passada, Suzano recebeu uma importante confirmação de que está, pela terceira vez consecutiva, no Índice de Cidades Empreendedoras (ICE). A cidade avançou 17 posições ao ocupar a 59ª colocação no levantamento desenvolvido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) em parceria com a organização Endeavor, voltada ao apoio ao empreendedorismo no País. 
 
Estudo
O estudo leva em consideração o desempenho em sete áreas determinantes e visa ser um instrumento de avaliação voltado para gestores públicos e organizações de apoio interessadas em gerar impactos na economia do município, a partir do fomento à atividade empreendedora.
 
Ranking
O ranking, com base em 2022, leva em consideração o avanço nas seguintes áreas: Ambiente Regulatório, Infraestrutura, Mercado, Acesso à Capital, Inovação, Capital Humano e Cultura Empreendedora. Atualmente, o melhor posicionamento de Suzano está em Infraestrutura, na 14ª posição. A mesma área foi destaque no ano anterior, no mesmo estudo, e também em 2018 e em 2019, quando a cidade esteve no Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios, elaborado pela consultoria Urban Systems para a revista Exame.
 
Demanda ao DER
O deputado estadual Marcos Damasio (PL) se reuniu com o superintendente do Departametno de Estradas de Rodagem (DER), Sérgio Henrique Codelo Nascimento, para tratar de demandas da cidade de Suzano. Ao lado do vereador de Suzano, Artur Takayama, e da representante da diretoria da empresa de fraldas descartáveis Guto Baby, Sheron de Oliveira Galvão, Damasio solicitou a Codelo autorização para que a empresa construa um novo acesso de caminhões à beira da Rodovia Índio Tibiriçá. 
 
 
Manobras mais ágeis
Isso permitirá à empresa manobras mais ágeis e seguras de veículos que chegam com matéria prima e saem com produtos fabricados na unidade. O superintendente ouviu a demanda e orientou a empresa a fazer um projeto de acesso de acordo com as normas do DER, para que possa ser aprovado um novo Termo de Acesso.