terça 23 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Lance Livre

Lance Livre 05/05/2017

05 maio 2017 - 08h00

Bolsonaro O Jornal Correio Braziliense trouxe informação polêmica dando conta de que o PR, partido que conta com prefeitos e deputados no Alto Tietê, vai tentar atrair o deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), que já anunciou que pretende deixar sua atual legenda, o PSC. Resistência O problema para fechar esse acordo é a resistência de integrantes do PR, por conta do perfil político de direita ultraconservador. Pré-candidato Bolsonaro é pré-candidato à Presidência da República na próxima disputa, em 2018, e vem crescendo nas pesquisas de intenções de voto. Urna eletrônica Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram apresentados ao protótipo da nova urna eletrônica, criada para se adaptar ao voto impresso. Determinação de imprimir A determinação de imprimir o voto é da nova legislação aprovada pelo Congresso Nacional (Lei nº 13.165/2015) e prevê a mudança a partir das Eleições 2018. A estimativa é de que 35 mil urnas desse novo modelo sejam utilizadas em todo o país já no próximo pleito. Ministro Gilmar Mendes De acordo com o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, a Justiça Eleitoral precisou se adequar à imposição da legislação e, por essa razão, desenvolveu um modelo mais moderno que também atenda às necessidades do futuro, uma vez que a urna eletrônica já tem 20 anos e precisa de constantes modificações. Custo da mudança Ele também falou sobre o custo dessa mudança e a necessidade de ampliação gradual do projeto: “se fôssemos substituir todas as nossas urnas pelas novas, seria algo em torno de R$ 2 bilhões. Num momento de entressafra em termos orçamentários, isso não é ideal”. ‘Mística’ Por fim, o ministro Gilmar Mendes destacou que existe uma “mística” sobre a possibilidade de fraude da urna eletrônica, mas os fatos mostram que fraude nas eleições tem mais a ver com abuso de poder econômico e não com questões ligadas ao processo eletrônico da urna ou da apuração de votos.