Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv

Lance Livre 20-09-2017

Por Edgar Leite20 SET 2017 - 05h00
Votação
A Câmara de Suzano votará hoje dois projetos. O primeiro item da pauta é o projeto que concede o Título de Cidadão Suzanense ao pastor João Bezerra de Lima, de autoria do vereador Marcos Antonio dos Santos (PTB), o Maizena Dunga Vans.
 
1979
Segundo o projeto, “em 1979, Lima inaugurou o primeiro templo evangélico do bairro Miguel Badra Baixo, e hoje, após 37 anos de ministério, continua com seu trabalho evangelístico oferecendo refúgio para famílias suzanenses”.
 
Segundo item
O segundo item da pauta é o projeto de autoria do vereador Carlos José Da Silva (PSDB), o Carlão da Limpeza, que denomina “Praça Urupês” a atual área localizada entre as ruas Caboclos, Esphinges e Ivan Fleury Meireles, no loteamento denominado Vila Urupês. 
 
Homenagem
O objetivo é homenagear o escritor Monteiro Lobato que teve propriedades em Suzano e escreveu a coletânea “Urupês”. 
 
Reivindicação
Além disso, os moradores daquela região, por meio de abaixo-assinado, solicitaram a transformação da área, visto que mesmo com todos os cuidados, por não ser denominada praça, existe quem polua o local jogando lixos e entulhos. 
 
Pichações
A Câmara de Suzano publicou a lei que dispõe sobre o programa de Combate Permanente a Pichações, de autoria do vereador José Silva de Oliveira (PMDB), o Zé Lagoa. 
 
R$ 4,7 mil
Desde a semana passada, quem for pego pichando bens particulares poderá ser multado em R$ 4.794,30.
 
Monumentos
Se o ato for praticado em monumentos, bens tombados ou prédios públicos, assim como imóveis locados pelo poder Executivo ou Legislativo, a multa será em dobro, ou seja, R$ 9.588,60 – além do ressarcimento das despesas de restauração do bem pichado.
 
Ato de riscar
O programa considera pichação o ato de riscar, desenhar, escrever, borrar ou por outro meio sujar edificações públicas ou particulares e/ou suas respectivas fachadas, equipamentos públicos, monumentos ou coisas tombadas e elementos de mobiliário urbano.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias