Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 14 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/10/2019
Secom Segurança
CENTERPLEX 11/10 A 18/10
Villa Europa

Lance Livre 25-06-2019

Por Edgar Leite24 JUN 2019 - 23h59
CSI de Guararema
Inaugurado no dia 24 de junho de 2016, o Centro de Segurança Integrada “Reinaldo Reis da Silva” chega ao terceiro ano de funcionamento como um equipamento já consolidado, em Guararema, sendo fundamental no apoio às forças de segurança da cidade na prevenção e no combate à violência e criminalidade, segundo a Prefeitura.
 
Exemplo para  
outras cidades
O equipamento tem servido de exemplo para outras cidades, como Suzano. A cidade do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) se espelhou na vizinha Guararema para montar o centro de monitoramento.
 
Estudos
Em Guararema, o equipamento foi concebido após estudos realizados para coibir a criminalidade em Guararema, devido à facilidade de acesso por diversas rodovias estaduais e pela Rodovia Federal Presidente Dutra, além da proximidade com outros municípios.
 
Mais médicos
O Ministério da Saúde divulgou ontem o resultado final da primeira fase dos médicos selecionados no 18º ciclo do programa Mais Médicos. A previsão é que 1.010 municípios em 26 Estados recebam os profissionais. As contratações são referentes ao edital 11 de 2019.
 
Expectativa  
da região
Há uma grande expectativa da região de receber mais profissionais.
 
Total do País
No total, foram selecionados 1.975 médicos para atuar na Atenção Primária das unidades de saúde. O edital oferecia 2.149 vagas. De acordo com a pasta, os profissionais devem se apresentar nos municípios de 24 e 28 de junho para o início das atividades de atendimento à população. A lista completa com as cidades e o número de médicos por Município está disponível no link (http://www.li.cnm.org.br/r/Z1XSSJ).
 
Celular
Dados do Ministério da Saúde revelaram que 19,3% da população das capitais brasileiras usam o celular enquanto dirigem. Isso significa que de cada cinco pessoas, uma afirmou que comete esse ato. A informação é do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias