Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quarta 16 de junho de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/06/2021
EDP SEGURANÇA
Luto

Prefeito Bruno Covas morre aos 41 anos

Morte ocorreu em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações

Por De São Paulo16 MAI 2021 - 10h43
Prefeito de São Paulo faleceu na manhã deste domingoFoto: Governo de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, faleceu neste domingo (16 de maio), às 08:20, em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento.

 

A Prefeitura de São Paulo divulgou nota sobre a morte do prefeito assinada pelos médicos David Uip, Artur Katz, Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Raul Cutait e Roberto Kalil.

 

O velório de Bruno Covas será realizado na Prefeitura de São Paulo, em cerimônia restrita a 20 convidados. Ao fim, o caixão será transportado em um caminhão do Corpo de Bombeiros, passando pela Avenida Paulista, com destino a Santos, onde o prefeito será sepultado.

 

O prefeito estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista. Bruno Covas nasceu em Santos, em 1980, um ano depois de seu avô, Mario, recuperar os direitos políticos na fase final da ditadura.

 

Bruno teve sua vida e carreira ligadas ao avô pelo sobrenome. Bruno viu Mário Covas ser eleito deputado federal, virar prefeito de São Paulo, bater recorde de votos para um cargo eletivo ao concorrer como senador, deixar o PMDB para fundar o PSDB e ser candidato a presidente até, em 1994, vencer as eleições para governador do Estado, o último cargo que ocupou em vida.

Bruno Covas era tido como uma esperança de renovação no PSDB. 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias