Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2017
mrv
Ferraz de Vasconcelos

Aposentado morre após ser brutalmente espancado dentro de residência em Ferraz

Testemunha viu três suspeitos invadirem casa de idoso. Indivíduos portavam facão, madeira e barra de ferro

Por Lucas Alsil e Marcus Pontes - de Ferraz11 OUT 2017 - 13h59
Suspeitos invadiram e espancaram brutalmente idosoFoto: Divulgação

A Polícia Civil tenta entender qual teria sido o motivo para a morte brutal do aposentado Antonio Edésio Sobral, de 62 anos. Ele foi atacado por três indivíduos, que invadiram a casa na qual reside sozinho. A morte violenta ocorreu na Rua Crislaine Lemes da Silva, no Jardim do Papai, em Ferraz de Vasconcelos. De acordo com a Polícia Civil, um vizinho do idoso flagrou o momento que os suspeitos fugiram. 

Sobral foi atacado na noite desta terça-feira (10). De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), uma testemunha viu a hora que três suspeitos chegaram em um Volkswagen Gol e invadiram a casa. Todos tinham algum objeto em mãos, como facão, madeira ou barra de ferro. 

No registro do caso, a testemunha diz que passou a ouvir pedidos de socorro. E que logo depois flagrou a fuga dos agressores. Na sequência, o idoso também saiu. Ele tinha um corte profundo na cabeça. Esta mesma testemunha foi quem socorreu-o. 

Mas no percurso do Hospital Regional Doutor Osíris Florindo Coelho, o veículo teve problemas mecânicos e parou, na Rua Prudente de Morais, na Vila Corrêa. Ainda tentando salvar a vida do aposentado, a testemunha pediu que populares ligassem ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 

O idoso chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ainda segundo o B.O., uma vizinha disse saber o motivo da morte violenta. Ela falou que, provavelmente, a causa seja o rompimento de um relacionamento no qual a vítima mantinha. 

Também no registro do caso, a Polícia foi informada de que Sobral morava sozinho. E que nenhum familiar foi localizado, até o registro do caso.

Investigação

O caso será encaminhado ao Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) de Mogi das Cruzes. O motivo para a morte violenta ainda será analisado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias