quinta 18 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Polícia

Desconhecidos atiram contra moradores em Ferraz; homem é atingido por bala perdida

Polícia suspeita que ataque seja resposta às agressões sofridas por um motorista que dirigia de forma perigosa na via

14 agosto 2017 - 12h13Por Marcus Pontes - de Ferraz

Atualizado às 15h11

A Polícia Civil tenta identificar os responsáveis pelo ataque a tiros que deixou uma pessoa ferida após ser atingida por uma bala perdida, em Ferraz de Vasconcelos. O disparo atingiu o ombro da vítima, que passou por cirurgia e não corre risco de morte. Os tiros também pegaram em um carro onde havia um policial militar aposentado. 

O caso aconteceu no domingo à noite (13), na Rua das Garças, no Jardim Castelo. A suspeita da polícia é que o ataque seja resposta às agressões sofridas por um motorista em uma ocasião anterior aos tiros. Isto porque o indíviduo dirigia de forma perigosa na via. Ele perdeu o controle e bateu o carro. Na sequência, alguns moradores o agrediram, mas o homem conseguiu fugir. 

Um Fiat Palio surgiu a via e começou a disparar várias vezes. Os tiros atingiram o ombro de um homem, que foi encaminhado ao Hospital Regional Doutor Osíris Florindo Coelho. Passou por cirguria e não corre risco de morte.

Também durante o ataque, um policial aposentado percebeu que dois tiros atingiram a lataria do veículo em que dirigia. O carro pertence a um membro da igreja que ele pertence. Com os tiros, o policial se abrigou em um terreno baldio, e teve escoriações no rosto. Segundo a Polícia Militar (PM), o alvo dos suspeitos não foi o policial aposentado. 

A PM informou que o ataque ocorreu a poucos metros de uma igreja. O local concentra um grande número de pessoas.

Investigação

Investigadores deverão buscar câmeras de monitoramento para tentar identificar o veículo em que os suspeitos estavam. E também tentará ouvir testemunhas para descobrir se alguém conseguiu anotar a placa do Palio.

O caso segue sob investigação. Até o fechamento desta reportagem, a polícia não tinha pistas dos suspeitos.