sábado 24 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Polícia

Homem apontado como autor de morte da travesti Sara é preso em Mogi

Crime aconteceu em abril de 2020; vítima foi asfixiada até a morte quando praticava relações sexuais com o suspeito

15 fevereiro 2023 - 11h52Por Daniel Marques - de Mogi

O Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Mogi das Cruzes (SHPP) prendeu um homem de 30 anos apontado pelas investigações como o autor do assassinato da travesti Sara (José Rogério Soares de Lima) ocorrido na madrugada do dia 30 de abril de 2020, dentro da casa da vítima na Rua Professor Flaviano de Melo, no Centro de Mogi. 

A prisão aconteceu na manhã desta quarta-feira (15) no Jardim Santa Teresa, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Segundo o SHPP, Mike Augusto Gonçalves Brunelli confessou o crime e afirmou que matou a vítima porque ela estava alterada e queria seguir tendo relações sexuais com ele, indo contra a vontade dele.

Sara foi asfixiada com um golpe "mata-leão" durante cerca de oito minutos durante relações sexuais com o homem. Uma câmera posicionada próxima ao sofá onde eles estavam flagrou o momento em que o indivíduo aplicou o golpe fatal na vítima.

Na época do crime, a Polícia Civil registrou o caso como morte suspeita. Porém, os exames realizados no corpo da vítima comprovaram que ela sofreu uma insuficiência respiratória aguda provocada pelo golpe sofrido. Após cometer o crime, o homem ainda furtou o celular da vítima antes de fugir.

Sara chegou a ser testemunha de um crime cometido contra outra travesti, mas segundo o SHPP, a morte dela não tem relação com o caso.

O corpo de Sara foi encontrado no início da tarde do mesmo dia. Não havia testemunhas do crime e o indivíduo não foi encontrado na época, vivendo uma vida normal com a família durante quase três anos.

O homem foi indiciado por homicídio qualificado consumado. Após ser detido e interrogado, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Mogi das Cruzes.