sábado 15 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Polícia

Homem tenta matar família por causa de testemunho a favor de mulher agredida

Antes de fugir, o suspeito disse que voltaria para por fogo em vítimas e matá-las

27 março 2019 - 10h33Por Marcus Pontes - de Poá

Uma família foi atacada a golpes de facão, após uma das vítimas testemunhar a favor de uma mulher vítima de violência doméstica. O suspeito é irmão de uma das vítimas. Entre os alvos do criminoso está um garoto, de 9 anos. O ataque aconteceu na terça-feira, 26, no bairro Cidade Kemel, em Poá. A Polícia Civil está à procura do suspeito. 

O suspeito invadiu o imóvel das vítimas, durante a manhã, após arrombar o portão e a porta. O objetivo do indivíduo era o de esfaquear a irmã, uma empregada doméstica, de 43 anos. Ela teria testemunhado contra ele, em um inquérito de violência doméstica no qual envolvia a cunhada. 

A ação, porém, foi evitada por outro irmão da vítima. A mulher fugiu, contudo, o suspeito foi atrás do filho da irmã, de 9 anos. Novamente, o ato foi evitado. Desta vez, foi o irmão mais velho da criança, de 19 anos, que impediu. O criminoso fugiu após o crime.

Mas, a violência não cessou. Durante a tarde, o suspeito voltou à residência. Agora, ele carregava uma chave de roda. Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O.), a intenção era a de atacar o sobrinho mais velho, o mesmo que evitou de ter esfaqueado a criança. Mas, o pai da vítima interveio e, mais uma vez, o ato foi evitado.

Foi então que, descontrolado, o suspeito entrou em um carro e bateu contra o portão do imóvel. O impacto da batida foi tão forte, que o cão de estimação da família foi esmagado. Além disso, a batida acabou ferindo a mulher - principal alvo do suspeito. 

De acordo com a polícia, as vítimas contaram que, a partir da batida, o suspeito desceu com uma faca em mãos, com a intenção de golpear a irmã. O marido dela impediu o ataque, mas acabou sendo atingido nos braços. Outro irmão da empregada doméstica também ficou ferido, bem como o filho dela foi atingido na barriga. 

Antes de fugir, o suspeito ameaçou retornar para assassinar a família: 'eu vou voltar, eu vou por fogo e matar vocês todos'. Até o fechamento desta reportagem, a polícia não havia divulgado detalhes sobre possível pedido de prisão contra o indivíduo, bem como o paradeiro dele. 

Deixe seu Comentário

Leia Também