domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Apunhalado no tórax

Jovem morto após discussão por parar carro em frente à casa de agressor é homenageado

Namorada fez post em uma rede social pedindo paciência para evitar discussões fúteis; caso aconteceu na sexta-feira, em Mogi

30 janeiro 2023 - 14h50Por Daniel Marques - de Mogi

O jovem Lucas de Carvalho Brito, que tinha 24 anos, recebeu várias homenagens nas redes sociais após ser morto com um ferimento provocado por punhal durante uma briga ocorrida na última sexta-feira (27) na Vila Cintra, em Mogi das Cruzes.

A namorada do rapaz, que tem 23 anos e estava com ele dentro do carro, publicou nas redes sociais um “pedido de paciência” em “discussões fúteis” como a que vitimou o jovem.

“Tenham mais paciência com os outros, evitem discussões fúteis, isso pode evitar fatalidades. Infelizmente o meu amor for esfaqueado (...). Não consigo acreditar no que aconteceu, parece que tô (sic) presa em um pesadelo. Que Deus conforte a mim e à família dele. Obrigada por tudo meu amor”, declarou a jovem, que estava com a vítima no momento do crime.

O caso

Lucas de Carvalho Brito estacionou o carro em que ele estava com a namorada na frente de uma casa que fica na Rua Odilon Affonso, na Vila Cintra, em Mogi. A jovem, em depoimento à Polícia, disse que estava discutindo com o rapaz e que, por isso, pediu para que ele parasse o carro. 

A vítima parou o veículo na frente da casa de um homem de 57 anos, que teria acreditado que o casal estava praticando relações sexuais dentro do carro. O indivíduo saiu da residência e ambos discutiram. 

Em determinado momento, conforme aponta o Boletim de Ocorrência, o homem voltou para a casa, pegou um punhal e, pela janela do carro, desferiu um golpe fatal no jovem, na região do tórax da vítima.

O jovem, orientado pela namorada, acelerou o carro e tentou dirigir até o Pronto Atendimento do Jardim Universo, mas perdeu a consciência no volante, atropelou um homem de 53 anos e, em seguida, colidiu com um poste na Avenida Francisco Ferreira Lopes, próximo à rotatória da Havan, em Braz Cubas. Ele morreu no local.

Policiais que estavam abastecendo a viatura, viram o carro da vítima batendo no poste e a outra vítima, o homem atropelado, caído no chão. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito de Lucas ainda no local. O homem atropelado foi socorrido ao Hospital Luzia de Pinho Melo e não corre risco de morte.

O homem que, segundo a Polícia, cometeu o crime, foi preso em flagrante. O crime foi registrado no 2° Distrito Policial de Mogi como homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele já está na cadeia.