segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Polícia

Polícia prende suspeitos de assassinar garçonete em Suzano

29 abril 2017 - 08h00

O Setor de Investigação da Polícia Civil de Suzano informou ontem que Alexsandro Bento Pereira Francisco, de 24 anos, e Douglas Alves Apolinário, de 22 anos, tiveram prisão temporária decretada por serem suspeitos do assassinato da garçonete Daiane Santos de Almeida, de 30 anos, na noite de quarta-feira. O corpo da vítima foi encontrado dentro da sua residência na Rua Ângela Carezzato, no Jardim Casa Branca. Haviam hematomas pelo corpo e lesões nas mãos da vítima. No rosto, foram encontrados sinais de sangue no nariz e na boca. Os suspeitos teriam confessado, segundo a polícia, que entraram na casa da garçonete à procura de dinheiro para comprar drogas. Um dos suspeitos morava no mesmo quintal que a vítima. Através dele, a polícia chegou ao outro rapaz. Interrogados, ambos contaram versões diferentes dos fatos. Além disso, um dos indivíduos estava com a mão enfaixada e se confundiu ao explicar a causa da lesão. “Um falou que foi o outro”, afirmou o investigador Nunes. Segundo o investigador, os rapazes tinham o hábito de entrar na casa da garçonete para cometer pequenos furtos. “Eles levavam pouca coisa, para comprar drogas. Só que dessa vez, ela estava acordada. Como ela era lutadora de Muay Thai, reagiu. No quintal foram ouvidos gritos de socorro e batidas da parede”. Além de ser garçonete em um bar na região central de Suzano, o Boteco Matias, a vítima prestava serviço como segurança da Santa Casa de Misericórdia de Suzano. A prisão temporária, de 30 dias, foi decretada aos dois suspeitos, que foram encaminhados à Cadeia de Mogi das Cruzes. O delegado Fabrício Intelizano pedirá a prisão preventiva de ambos.

Deixe seu Comentário

Leia Também