segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Estudantes do Alto Tietê da rede estadual paulista podem participar de experiência no Senado Federal

Autores das melhores redações selecionadas no Projeto Jovem Senador terão a oportunidade de ir para Brasília; inscrições seguem até 18 de agosto

14 agosto 2017 - 16h06Por da Região

Os estudantes do Alto Tietê matriculados no Ensino Médio da rede estadual de ensino paulista podem ir à Brasília e vivenciar o trabalho realizado no Senado Federal. Neste ano, o Projeto Jovem Senador selecionará as melhores redações com o tema “Brasil plural: para falar de intolerância”. As inscrições vão até 18 de agosto. Mais informações estão disponíveis no site do Congresso Nacional.

O programa, que visa estimular jovens e adolescentes a refletirem sobre política, democracia e cidadania, é dividido em três etapas. Na primeira etapa, os alunos deverão escrever textos de 20 a 30 linhas sobre a temática proposta. Após isso, cada escola irá eleger a redação que vai representar a unidade de ensino e encaminhá-la para a Secretaria da Educação do Estado até a data de encerramento das inscrições. 

Já na segunda etapa, caberá à Educação Estadual selecionar três redações para encaminhar à Secretaria de Relações Públicas do Senado Federal até 22 de setembro. E na terceira etapa, a comissão julgadora do Senado Federal classificará os melhores textos de alunos de todo o país.

Os vencedores ganharão uma viagem para Brasília, entre os meses de novembro e dezembro, onde terão a experiência de elaborar proposições legislativas e apresentar os projetos de leis em reuniões que simulam os trabalhos do Senado Federal.

As propostas aprovadas pelos jovens senadores serão encaminhadas à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa como sugestões legislativas, e inclusive poderão tramitar no Congresso Nacional caso sejam validadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também