domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Defesa Civil e Assistência Social fazem balanço de ações contra enchentes

DS entrevista Antônio Wenzler e o secretário Geraldo Garippo falaram das iniciativas para atender famílias

22 março 2023 - 09h00Por Guynever Maropo - de Suzano
No última dia 10 de março, Suzano foi castigada pelas chuvas. Ocorreram inundações e estragos nos bairros da cidade. Doze entraram em estado de alerta.
 
Na semana passada, o diretor da Defesa Civil, Antônio Wenzler, e o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Geraldo Garippo, fizeram um balanço sobre as últimas ações, durante entrevista ao vivo ao DS.
 
Só para se ter uma ideia, durante o período, ao menos, 30 residências foram interditas. A cidade mantém a Operação Verão até o dia 31 de março. 
 
Cerca de 1, 2 mil famílias foram atendidas pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.
 
No dia 10 de março, Suzano registrou um índice pluviométrico de 135 mm por metro quadrado. O índice refere-se à quantidade de chuva por metro quadrado em determinado local. A quantidade foi um marco histórico na cidade, um índice extremamente alto num período de uma hora. 
 
“É difícil um sistema de drenagem de um município suportar essa precipitação em tão pouco tempo. Porque se ela vem escalonada conseguimos suportar índices altos. Mas de uma vez é difícil o sistema absorver toda essa água. Suzano tem cerca de 206 km quadrados, se fosse totalmente plano os 135mm não traria reflexo nenhum. Porém quando cai a chuva na parte mais alta a tendência é a água descer para a parte baixa e acumular”, explicou o diretor da Defesa Civil. 
 
Em conjunto com o Fundo Social de Solidariedade, foram recebidos cerca de 17 mil itens, entre roupas e sapatos doados pela população, entidades, empresas, igrejas e associações.
 
A Defesa Civil do Estado também ajudou nas doações de itens como cestas básicas, colchões e produtos de higiene. A secretaria investiu novos recursos para repor os estoques desses itens na cidade. A cidade ainda está em campanha para receber doações de itens básicos. As doações podem ser feitas no prédio do antigo Restaurante Popular, na Rua Felício de Camargo 630.
 
"É uma tarefa fundamental para as pessoas voltarem a ter uma rotina normal”, explica o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social. 
 
As famílias desabrigadas foram inseridas no programa de aluguel social ou realocadas para casa de parentes. O diretor Wenzler explica que normalmente os imóveis que foram interditados estavam em áreas de risco, onde a terra acaba absorvendo a água deixando o solo fofo e levando a desabamento. 
 
O município tem 45 áreas de risco catalogadas distribuídas em 182 setores que são classificados entre R1 que é o menor risco até o risco R4 que é o maior risco. As áreas são monitoradas os 365 dias do ano, a equipe de 13 homens da Defesa Civil está diariamente visitando esses locais a fim de minimizar o risco iminente de acidente. 
 
Suzano também registrou outro recorde histórico em fevereiro, foram 654 mm de chuva acumulados no mês. 
Suzano tem cinco pontos de medições pluviométricos, medidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). 

Deixe seu Comentário

Leia Também