Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 19 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/07/2019
Centerplex Rei Leão
PMMC ORQUIDEAS
PMMC AGASALHO
PMMC FÉRIAS
PMMC INVERNO

Delegacia da Mulher de Suzano registra 33 ocorrências em 7 dias

18 AGO 2015 - 08h01

Em uma semana de funcionamento, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Suzano registrou 33 ocorrências de casos de violência contra mulher, ou seja, quase cinco casos por dia. A maior parte dos registros é de ameaça e lesão corporal, que somam 16 casos (11 de ameaça e cinco de lesão corporal), o que representa 48,48% do total registrado. O espaço começou suas atividades no dia 10 de agosto.

As outras 17 ocorrências não foram detalhadas, mas se referem aos crimes de maus-tratos, estupro de vulnerável e injúria. A delegada titular da unidade, Silmara Marcelino, classificou os números como expressivo. "Foi uma semana produtiva. As vítimas vão tomando conhecimento e passam a fazer as denúncias. Nesta semana já atendemos, inclusive, mulheres de outros municípios. Em alguns dos casos, já foi pedido inclusive medidas protetivas e o afastamento do agressor”, disse.

Os procedimentos da DDM seguem a mesma linha de qualquer outro Distrito Policial (DP), realizando atividades de investigação, prevenção e repressão dos delitos praticados. "Os trabalhos funcionam como em qualquer outro DP. A diferença é que o atendimento é específico para a mulher e isso faz com que a qualidade do serviço aumente", disse a delegada.

Além disso, as mulheres vítimas de agressões podem receber ajuda psicológica e jurídica por meio do espaço denominado "Sala Rosa", que também está implantado na DDM de Suzano.

SALA ROSA

O espaço realizou o atendimento de quatro mulheres durante os sete dias de funcionamento da DDM. A presidente da Comissão da Mulher Advogada (CMA) e responsável pela Sara Rosa, Maria Margarida Mesquita, explica que nem todas as mulheres que registram o Boletim de Ocorrência (B.O.) aceitam ser atendidas no espaço. "Algumas registram ocorrência somente para assustar o agressor, mas não desejam tomar medidas mais definitivas". Mesmo assim, Margarida considera, para uma primeira semana, um número positivo. A Sala Rosa existe há 16 anos e funcionava anteriormente no DP Centra de Suzano.

O espaço na DDM ainda precisa ser concluído. Entre os serviços que ainda precisam ser finalizados estão a chegada dos últimos móveis, a transferência da linha telefônica e a ligação dos computadores.

A presidente da CMA acredita que tudo será concluído até a próxima semana. Com isso, a Sala Rosa do DP Central será desativada definitivamente e passará a atender, exclusivamente, na Delegacia da Mulher.

SERVIÇO

A DDM está localizada na Rua Presidente Nereu Ramos, 302. O horário de funcionamento do local é de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas. No fim de semana, as vítimas podem se dirigir ao DP Central para registro do Boletim de Ocorrência. As ocorrências registradas no DP Central são encaminhadas, posteriormente, para DDM, afim de dar encaminhamento ao caso.

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias