domingo 21 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Emissão de certidão para novos empreendimentos demora 90 dias

Documento viabiliza a instalação de novos empreendimentos nos imóveis aprovados para tal fim

30 agosto 2017 - 11h30Por Marília Campos - De Suzano
O município emitiu 682 Certidões de Diretrizes entre janeiro e junho deste ano. De acordo com a lei da cidade, o prazo máximo para emissão é de 10 dias úteis. Porém, alguns casos apontam demora de 90 dias para o envio do documento, que viabiliza a instalação de novos empreendimentos nos imóveis aprovados para tal fim.
 
O prazo máximo de 10 dias úteis desde que toda a documentação apresentada na abertura do processo esteja em acordo, atendendo aos critérios de análise. Porém, o período pode se estender por 30 dias úteis, em caso de diligência externa. 
 
A Certidão de Diretrizes é fornecida pela administração, mediante solicitação de corretores imobiliários, que dependem do aval para negociações com empreendedores que pretendem se instalar na cidade. Por exemplo, uma indústria química só pode se estabelecer em determinado prédio se o imóvel possuir a Certidão de Diretrizes, que corrobora o projeto arquitetônico para tal utilidade. 
 
A demora na emissão desses certificados pode resultar no atraso da instalação desses empreendimentos, é o que explica o presidente da Associação dos Corretores de Imóveis de Suzano (Acoris), Ademilson Alves Bernardes. "Esse é um documento importante na viabilidade para trazer empreendimentos. O investidor chega (na cidade) e quer saber se o terreno pode exercer aquela atividade. O documento é importante para dar sequência aos investimentos imobiliários", disse.
 
"Esse tipo de documento deve ser passado com velocidade para não perder investidores na cidade, porque aí ele (o investidor) acaba indo para cidades próximas por uma questão de informação básica", pontuou. Bernardes ainda diz que a agilidade no processo significa ganho para toda a comunidade, já que a instalação de novos empreendimentos é sinônimo de prosperidade para o município. "A gente quer uma coisa que vai favorecer a população como um todo, se a informação for passada com mais velocidade".

Deixe seu Comentário

Leia Também