segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Fundo Social propõe ação regional pelo fim da violência à mulher

Ideia é promover a atividade em agosto, mês em que a Lei Maria da Penha completa 11 anos desde a sua aprovação em 7 de agosto de 2006

28 julho 2017 - 07h40Por De Suzano
A presidente do Fundo Social de Suzano e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), a primeira-dama Larissa Ashiuchi, propôs uma ação regional pelo fim da violência contra a mulher. A iniciativa "Não hesite, apite!" foi apresentada durante a reunião do Conselho dos Fundos Sociais de Solidariedade do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). O encontro realizado quinta-feira (27) no Centro Multiuso Profissionalizante (Cempro) Maria Aparecida de Melo, em Biritiba Mirim. A ideia é promover a atividade em agosto, mês em que a Lei Maria da Penha completa 11 anos desde a sua aprovação, em 7 de agosto de 2006.
 
Segundo Larissa, o projeto, que traz chancela da Associação das Advogadas, Estagiárias e Acadêmicas de Direito de São Paulo (ASAS), tem a prerrogativa de dar a possibilidade ao público feminino de usar o apito como uma espécie de "arma" contra agressores.
 
"A campanha será de conscientização e de protesto, combatendo o assédio e se posicionamento contra qualquer tipo de violência à mulher. Para tanto, a ideia é distribuir apitos cor-de-rosa às munícipes em locais de grande movimentação, além de orientá-las sobre o feminicídio. A proposta é que realizemos durante o mês de agosto, uma vez que a Lei Maria da Penha chega aos 11 anos de existência no próximo dia 7", argumentou a primeira-dama, que também é coordenadora-adjunta do Conselho dos Fundos Sociais.

Deixe seu Comentário

Leia Também