segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Furto na UBS do Colorado fecha unidade por 3h e deixa 100 pessoas sem atendimento

Apesar da invasão, os bandidos não levaram nenhum tipo medicamento da unidade

26 julho 2017 - 17h43Por Marcus Pontes e Pâmela Queiróz - de Suzano

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Colorado foi invadida e furtada. O alvo dos criminosos foi um televisor de tela plana. Apesar da invasão, os bandidos não levaram nenhum medicamento. O crime interrompeu os atendimentos por três horas, e prejudicou 100 pacientes. Segundo a Secretaria de Saúde, os danos causados foram reparados e concluídos nesta quarta-feira (26).

A invasão aconteceu na noite de terça-feira (25). Pacientes da UBS comunicaram o furto ao DS. O relato descreve que o crime foi cometido por três usuários de drogas, que invadiram o local após o expediente. Além do prejuízo deixado, o fato causou transtornos à população. Isto porque a unidade de saúde realiza diariamente 400 atendimentos. A Prefeitura confirmou a finalização do reparo da porta e vidros. Em nota também frisa que o alarme da UBS, que foi prejudicado durante a invasão, foi regulado.

Segundo a dona de casa, Regiane Carneiro da Silva, de 34 anos, o marido foi um dos prejudicados pela interrupção. “Meu marido tinha consulta agendada há um mês, perdeu o dia de trabalho e não foi atendido”. Ela contou ainda que idosos, que foram à UBS, para aferir a pressão ou diabetes tiveram que retornar para casa e um caso de emergência ficou sem atendimento.

De acordo com a auxiliar de cozinha, Luciana Araújo, a UBS do Colorado precisa ter a segurança reforçada.  “Infelizmente, os usuários de drogas invadem e ficam usando drogas. Seria preciso que reforçassem a segurança, assim não aconteceriam mais casos assim”.

O pensamento de vulnerabilidade do local também foi levantado pelo montador de esquadrilha, Jailton Silva. Segundo ele, o prédio precisa ter mais segurança, já que corre o risco de sofrer mais um furto. “Tem que ter segurança, pois a população precisa da UBS. É complicado invadirem, porque em algum caso, é possível que eles levem remédios e não pode, pois necessitamos disto”, enfatizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também