sábado 24 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Mais de 100 mulheres realizam ultrassom durante mutirão

Ação contemplou mulheres que estavam aguardando para realizar os exames de imagens

15 fevereiro 2023 - 16h00Por de Suzano

A Secretaria de Saúde de Suzano viabilizou um mutirão de atendimento para realização de ultrassonografias transvaginais na Unidade Básica de Saúde (UBS) Stelina Maria Barbosa, no bairro Miguel Badra Alto, no último sábado (11/02). 

A iniciativa contemplou um total de 117 mulheres e garantiu a redução da demanda pelo serviço na região norte do município. Todos os atendimentos ocorreram mediante agendamento.

A ação contemplou mulheres que estavam aguardando para realizar os exames de imagens, capazes de detectar complicações presentes no canal vaginal e contribuir para o diagnóstico de possíveis cistos, infecções e o desenvolvimento de câncer, dentre outros procedimentos de saúde.

Em paralelo a isso, os profissionais da UBS também ofereceram orientações quanto ao bem-estar feminino, com dicas e encaminhamentos em questões diversas para melhoria da saúde. De forma complementar, as pacientes também foram contempladas com instruções voltadas aos cuidados com a nutrição, incluindo a importância da alimentação adequada e da prática rotineira de exercícios adequados.

O gerente da unidade, Bruno Santana, explicou que a ação garantiu a todas as mulheres atendidas neste sábado a continuidade das investigações de possíveis problemas com o corpo ou o descarte da existência de alguma enfermidade. “O ultrassom transvaginal é muito requisitado em razão dos benefícios e da precisão que ele fornece, por isso recebemos uma grande quantidade de interessadas, que agora poderão dar prosseguimento nas consultas”, relatou.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, um mutirão localizado oferece a oportunidade de mais pessoas realizarem os exames. “A unidade recebeu mulheres de muitos bairros da região que estavam agendadas para estes atendimentos, então pudemos garantir esse direito a elas e, automaticamente, diminuir a lista de espera. Com isso, outras moradoras poderão também realizar esse exame com mais breviedade”, finalizou o chefe da pasta.

Deixe seu Comentário

Leia Também