sábado 24 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Mais de 3 mil crianças aguardam vagas nas creches do Alto Tietê

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) divulgou lista de espera para alunos de 0 a 3 anos

22 janeiro 2023 - 12h00Por Ingrid Leone - de Suzano
As creches da região estão com mais de 3 mil crianças aguardando na lista de espera para conseguirem uma vaga. Os dados são do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). 
 
No Alto Tietê, 11 unidades foram fiscalizadas em Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Guararema e Arujá. 
 
Suzano
 
Em Suzano, 963 alunos estão na lista. A creche comunitária Vila Urupês e a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Vereador Antonio Teixeira foram inspecionadas. 
 
De acordo com a Secretaria de Educação de Suzano, há 93 (apontado pelo TCE, com 92 alunos) crianças na fila de espera da Vila Urupês e 107 na do Jardim Monte Cristo.
 
A pasta destaca que tem atuado fortemente para atender a todas as crianças da faixa etária de 0 a 3 anos. Em fevereiro do ano que vem, a rede municipal contará com mais 700 vagas em creches, principalmente para os bairros Vila Fátima, Cidade Miguel Badra e Vila Amorim.
 
Atualmente, 6.598 crianças são atendidas. Com a construção de novas unidades, implantação de salas de aula e chamamento público ou parceria com Organizações da Sociedade Civil (OSCs), a expectativa da Prefeitura é de zerar a demanda até o final de 2024.
 
Ferraz 
 
Ferraz teve duas unidades de educação básica verificadas, a Alcides Cardoso e Eduardo Santiago Souza, com 402 estudantes aguardando vagas em toda a rede de ensino.
 
A Prefeitura informou que em relação a Emeb Alcides Cardoso, a lista está com 33 estudantes (no relatório do TCE, está com 40), já a Emeb Eduardo Santiago com 34 alunos. 
 
Informaram que estão ampliando o atendimento de creches no município, com a inauguração de escolas e ampliação do atendimento em algumas unidades para o ano de 2023. Sobre a lista de espera, existem algumas escolas com lista devido à grande população em determinados bairros.
 
Itaquá
 
A rede de ensino de Itaquá tem 900 estudantes na fila de espera geral. No município, foram checadas a creche Emílio Roberto Radiante Onófrio e a Rosalina Flora de Camargo.
 
A Secretaria de Educação informou que com a construção de novas creches e reformas de unidades, conseguiu diminuir de 2.260 para 900 estudantes na fila geral.
 
Há também a previsão de ampliações e construções de novas creches em 2023 para atingir o objetivo de zerar a fila de espera por vagas no município.
 
Na creche Emílio Roberto Radiante Onófrio, atualmente há 13 crianças na fila de espera e na Rosalina Flora de Camargo há 23 estudantes aguardando vaga. 
 
Cidade da região consegue ampliar atendimento e reduz lista em 40%
 
Em Poá a Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Antônia Obesso Rosal e a unidade Vereador Waldomiro Floretto foram fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). As inscrições para creche geram uma lista única de espera e o atendimento é realizado conforme a disponibilidade de vaga e a proximidade do endereço da residência do aluno.
 
Segundo a administração, em 2022, com a ampliação da quantidade de salas de aula, reduziu em média 40% a lista de espera, que hoje conta com 810 (899 no relatório do TCE) crianças. 
 
Destacaram como ação para os próximos meses, o processo que está na administração pública de um chamamento para instituições que tiverem interesse em participar da subvenção de novas unidades, além disso, salas serão construídas nas unidades já existentes para ampliar a capacidade de atendimento destas e assim, agilizar o chamamento da lista.
 
Guararema 
 
A cidade teve uma EMEI inspecionada, a Maria da Conceição. Na região central, há lista de espera, com 25 alunos, para atendimento a crianças de 0 a 3 anos em período integral. A unidade vistoriada não teve lista.
 
De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, em todas as Escolas da Rede Municipal, a demanda manifesta para matrícula em período parcial está sendo 100% atendida, ou seja, a Lei está sendo cumprida. 
 
Alto Tietê 
 
Na região, os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de Arujá, Dona Maria Benedita Garcia e Maria José Lopes Esmeraldo foram fiscalizados, mas não apresentaram lista de espera no município e nas unidades específicas. 
 
Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Santa Isabel e Salesópolis não tiveram nenhuma unidade verificada. 

Deixe seu Comentário

Leia Também