terça 28 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Procon de Suzano fiscaliza preços de mercadorias de lojas antes da Black Friday

Iniciativa ocorreu na quarta-feira e acompanhou a possibilidade de aumento dos preços durante um período de três meses

11 novembro 2022 - 05h00Por de Suzano
O Procon de Suzano realizou na quarta-feira passada (09/11) a última fiscalização de preços antes da realização da Black Friday, programada para ocorrer no próximo dia 25. Os fiscais do órgão municipal, liderados pela diretora da entidade, Daniela Itice, percorreram as lojas do centro da cidade para verificar se há alteração dos preços de produtos nos dias que antecedem o evento. Um dia antes uma ação semelhante ocorreu no Suzano Shopping. Esta foi a terceira averiguação feita pelo Procon, que teve início em setembro, continuou em outubro e foi finalizada neste mês.
 
Os produtos que tiveram os preços avaliados pelo órgão municipal foram selecionados previamente para que uma possível evolução do preço fosse acompanhada. O objetivo da iniciativa é justamente verificar se houve aumento dos produtos de forma artificial, sem uma justificativa concreta, para que, no dia da Black Friday, o objeto averiguado volte ao preço inicial visto em setembro para iludir o consumidor a uma suposta promoção.
 
A diretora do Procon destacou que caso uma irregularidade como essa seja confirmada, o estabelecimento pode ser autuado por fraude, por isso, durante esses trabalhos, o órgão promove a fiscalização e já orienta os gerentes sobre os preços. “Durantes esses três meses nós percorremos Suzano para dialogar com o comércio local e chamar a atenção para práticas que possam levar o consumidor a achar que está adquirindo um produto mais em conta quando, na realidade, o preço que está sendo pago era o mesmo divulgado dias antes de sofrer o aumento”, destacou.
 
Agora voltado ao consumidor, Daniela destacou quais pontos devem ser observados durante a compra. “Sugiro que seja realizada uma pesquisa de preços para verificar se eles se mantêm, porque os valores não devem subir demais para depois cair, que é o que acontece algumas vezes”.
 
Por fim, a diretora do Procon ressaltou os cuidados que deve haver durante uma aquisição pela internet. “Em uma compra on-line é preciso tomar cuidado com as propagandas em rede social. Se o produto interessou, é mais seguro sair da rede social e entrar direto no site da loja e verificar a existência daquela promoção, caso contrário pode ser golpe. Outro ponto que é importante lembrar é na hora de pagar pelo produto, se o pagamento está sendo feito para um CNPJ, e não um CPF, caso o boleto esteja em um CPF pode ser golpe também”, definiu Daniela.
 
O consumidor pode realizar denúncia ao Procon de Suzano indo pessoalmente até a entidade, que fica localizada na rua Baruel, 126, no centro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, por meio do telefone (11) 4744-7322, ou pelo e-mail procon@suzano.sp.gov.br. Os sites não recomendados para realização de compras pelo Procon do Estado de São Paulo podem ser consultados por meio do link sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php.

Deixe seu Comentário

Leia Também