sexta 12 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Suzano inicia conversa com Havan para ganhar filial e 1,2 mil empregos

21 maio 2017 - 08h00

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), se reuniu com representantes da Havan na manhã de ontem, para tratar da possibilidade de a empresa nacional implantar uma filial na cidade. Caso as tratativas tenham continuidade e a abertura da loja aconteça, mais de mil empregos serão gerados no município de forma indireta e ao menos 250 vagas serão abertas para contratação direta, totalizando 1,2 mil. O encontro entre o prefeito e o diretor-presidente da corporação, Luciano Hang, aconteceu pouco antes da inauguração da 98ª unidade da rede, em Jundiaí, cidade do interior do Estado. Durante a reunião, que também foi acompanhada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego de Suzano, o empresário André Maurício Loducca, foi oficializado o interesse da cidade administrada por Ashiuchi desde janeiro de 2017 de abrigar uma filial da Havan, forte na comercialização de artigos nacionais e importados, tanto no atacado quanto no varejo. A empresa, que tem sede em Brusque, em Santa Catarina, possui 98 unidades espalhadas pelo Brasil, em 16 diferentes estados. No Alto Tietê, são duas as filiais, sendo uma em Mogi das Cruzes e outra em Itaquaquecetuba, inaugurada há menos de um mês no centro de compras do município vizinho. Segundo Loducca, em conversas recentes com a linha de frente da Havan, surgiu a oportunidade de a municipalidade expor o interesse de trabalhar no sentido que mais uma loja da rede seja inaugurada no Alto Tietê, mais especificamente em Suzano, tendo em vista que a corporação protagoniza atualmente importante política de expansão. “Como a sede da empresa (Havan) fica em Santa Catarina, agendamos (governo) uma reunião com o presidente (Luciano) Hang quando ele viesse ao Estado de São Paulo. Foi, então, que, pouco antes da inauguração da 98ª loja da rede, hoje (ontem), em Jundiaí, aproveitamos para tratar sobre a possibilidade de trazer a companhia para nossa cidade”, reitera o secretário. Ashiuchi reforça que a atual administração oferece apoio às empresas já abrigadas no município, mas que também tem o compromisso de ser uma espécie de "facilitadora" das corporações que pretendem se instalar em Suzano, como poderá ser o caso da Havan. “Trazer novas empresas significa, além de desenvolvimento para a cidade, a geração de mais empregos - algo extremamente importante, sobretudo neste momento, em que a falta de vagas em aberto tem dificultado a vida de muita gente. O governo está trabalhando para gerar mais renda e oportunidades para as famílias suzanenses. Estou satisfeito com este primeiro encontro com a Presidência da Havan, que poderá oferecer emprego para mais de 1,2 mil pessoas com a loja de Suzano, entre postos diretos e indiretos. As negociações terão continuidade”, adianta o prefeito. A Havan é uma rede de lojas de departamentos criada no sul do País em junho de 1986. O empreendimento é facilmente reconhecido em razão de sua fachada americanizada, inspirada na Casa Branca e na Estátua da Liberdade. Megaloja de auto-atendimento, a Havan comercializa mais de 100 mil itens, entre produtos nacionais e importados, em diversos setores, como cama, mesa e banho; brinquedos; moda masculina, moda feminina; moda infantil; moda praia; camping; eletro e eletrônicos; tapetes; e presentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também