Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 01 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/03/2020
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS
CENTRO ONCOLÓGICO
COLUNA

Jorge Lordello

delegado e escritor

Deixar um planeta melhor para o filho ou um filho melhor para o planeta?

28 JAN 2020 - 23h59
Antigamente, as escolas ensinavam tabuada, caligrafia e redação de textos. O professor só tinha à disposição uma lousa para atrair a atenção dos alunos, que já em tenra idade, identificavam a profissão que gostariam de exercer no futuro. 
Recordo-me que no colégio tínhamos uma bateria de deveres mas nossos direitos não eram tão amplos. Recebi esta semana relato de professora de matemática aposentada do antigo primário que adquiriu um produto em uma mercearia. O valor foi de R$ 15,80. Para pagar a conta, entregou à balconista, que aparentava ter 25 anos, uma nota de R$ 20,00 e mais 80 centavos em moedas para facilitar o troco. A funcionária pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer. A idosa explicou que ela tinha que devolver 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. 
A moça ficou deveras constrangida enquanto o gerente tentava explicar como se fazia a conta, mas ela, aparentemente, continuava sem entender. Minha mãe, com quase 85 anos, que também se aposentou no magistério paulista, sempre conta aos netos que antigamente os alunos que terminavam o primário sabiam ler e escrever corretamente e fazer, com facilidade, as quatro operações matemáticas básicas. Estudos realizados pelo Ibope Inteligência revelaram que 29% dos brasileiros são considerados analfabetos funcionais. Desse total, 8% são analfabetos absolutos, ou seja, não conseguem ler palavras e frases. Outros 21% estão no nível considerado rudimentar, pois não localizam informações em um calendário, por exemplo. 
Por que será que a qualidade do ensino brasileiro caiu tanto? Soube recentemente que um aluno pichou a sala de aula e foi descoberto. A diretora da escola aplicou pena onde o jovem teria que limpar a sujeira que fez. Os pais ficam enfurecidos, alegaram que o filho poderia adquirir trauma com a provável gozação e assim contrataram advogado para impedir na justiça a penalização. O curioso, é que vejo as pessoas falando em deixar um planeta melhor para os filhos. Quando é que se pensará em deixar filhos melhores para o nosso planeta? 
SANTA CASA DE MOGI
HIPERCAP
EPAMINONDAS ADVOGADOS

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias