sexta 14 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Combate ao racismo

11 junho 2024 - 05h00Por editoracao

O jogador de futebol Vinícius Júnior, atualmente no Real Madrid, eleito o melhor jogador da Champions League 2023/2024, vem sofrendo com ataques racistas desde o ano passado. 
O caso mais marcante foi diante do Valencia, pela La Liga, campeonato nacional da Espanha. 
Filmagens do momento, em que torcedores imitaram um macaco para o jogador, rodou o mundo. Ele não se calou e ao marcar o gol, fez o gesto do punho fechado e para o alto, que ficou imortalizado com os “Panteras Negras”, atletas americanos durante as Olimpíadas.
A atitude gerou mais revolta dos torcedores, e apesar da revoltante e nojenta cena, quase ninguém apoiou o brasileiro.
A briga ali começou a ser travada, com jogadores do Valencia insinuando que ele deveria “esquecer isso”.
Mas, a Justiça espanhola decidiu, nesta segunda-feira, após mais de um ano dos primeiros ataques, condenar três torcedores.
Conforme reportagem da Agência Brasil, os torcedores foram condenados à prisão por insultos racistas proferidos contra o jogador.
Em nota, a La Liga destacou que os réus foram considerados culpados por crime contra a integridade moral com agravante de discriminação por motivos racistas.
Os três torcedores foram condenados a oito meses de prisão e pagamento dos custos do processo. Eles também ficarão banidos por dois anos de estádios que receberem jogos organizados pela La Liga ou pela Real Federação Espanhola de Futebol.
“Esta é a primeira condenação desse tipo proferida na Espanha, após processo levado aos tribunais pela La Liga, com o apoio da Real Federação Espanhola de Futebol, do Real Madrid e, nas últimas semanas, da própria vítima, Vinicius Jr”, ressaltou o comunicado.
Ainda segundo a La Liga, durante a audiência, os réus leram uma carta em que pedem desculpas a Vinicius Jr e ao Real Madrid.
Atitudes racistas como essas proferidas contra Vinícius Júnior é apenas uma entre as milhares que acontecem diariamente e não apenas no futebol.
É importante que a decisão contra os torcedores do Valencia seja levada como exemplo para punir outros casos como esse.