Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/12/2017
mrv

Após goleada na quarta, Tite destaca importância do clássico contra o Santos

04 ABR 2015 - 08h00

Após golear o Danubio (URU) por 4 a 0 pela Copa Bridgestone Libertadores na última quarta-feira, o elenco do Corinthians retornou aos trabalhos ontem, no CT Dr. Joaquim Grava. Amanhã, às 16 horas, na Arena Corinthians, o Timão encara o Santos pelo Paulistão Itaipava - Série A1 na Arena Corinthians e, em entrevista coletiva, Tite comentou a importância do duelo.

"Clássico é um campeonato à parte. As duas melhores campanhas do Paulista. Qualidade dos dois lados. A sequência da equipe, de manter desempenho vai se consolidando, desafiando todo esse grau de importância", contou Tite.

Sobre o bom futebol demonstrado diante do Danubio (URU), Tite agradece o reconhecimento, mas mantém o foco para melhorar ainda mais. "Aceitamos o elogio, entendi que nós fizemos uma grande partida. Mas de reconhecer os elogios e ter maturidade para compreender que estas situações acontecem e buscar sempre o crescimento é também nosso objetivo. Ter essa maturidade como equipe e procurar sempre progredir", enfatizou o treinador.

O Corinthians é líder geral do Paulistão Itaipava - Série A1 com 35 pontos, conquistados em 11 vitória e dois empates. O Alvinegro é o único time invicto da competição, além de ter a melhor defesa - ao lado do Palmeiras, com sete gols sofridos - e o terceiro melhor ataque, com 25 bolas na rede.

SANTOS

O técnico do Santos, Marcelo Fernandes, comandou um treino tático na manhã de ontem, no CT Rei Pelé, visando o clássico de amanhã, contra o Corinthians, em São Paulo.

Fernandes revelou que aproveitou os treinos durante a semana para testar três formações diferentes, entretanto, não definiu a equipe titular. “O Corinthians é uma equipe muito bem trabalhada pelo Tite. E trabalhamos muito a nossa movimentação para quebrar a linha de marcação deles. Sabemos que o jogo pode ser decidido nos detalhes e temos que estar atenção a eles”.

A rivalidade que envolve o duelo não é deixada de lado pelo treinador, que já viveu este duelo como jogador. “O clássico realmente é o que mexe com o torcedor. Aquele que todos gostam de ganhar. A dimensão é enorme. O jogo é dificílimo e vamos fazer o nosso melhor para buscar a vitória”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias