sexta 19 de julho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/07/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Alesp aprova projeto de autoria do deputado Marcos Damásio

Inscrição em academias esportivas deverão ser aceitas mediante apresentação de atestado médico pelo cliente

05 junho 2024 - 18h57Por Da Região

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou na tarde de hoje (dia 05/06), por unanimidade de votos, o projeto de lei nº 148/2016, de autoria do deputado Marcos Damásio. A ação altera a redação da Lei nº 10.848, de 06 de junho de 2001, que dispõe sobre o registro e funcionamento dos estabelecimentos de ensino e prática esportiva.

A proposta do deputado Damásio determina que todas as academias e estabelecimentos esportivos exijam o atestado médico do cliente, garantindo a aptidão física para a realização da prática. O PL segue agora para sanção do governador Tarcísio de Freitas.

 Segundo o projeto de lei, o atestado médico deverá ser exigido para todos aqueles que estejam iniciando atividades físicas e práticas esportivas; homens com idade igual o superior a 45 anos e mulheres com idade igual ou superior a 55 anos.

 “A prática esportiva é fundamental para a garantia da saúde e bem estar de todos, mas é preciso que seja praticada com segurança e dentro das condições físicas de cada um. Assim, a avaliação médica, com protocolos definidos, é o caminho mais eficaz para garantir essa segurança para o praticante”, explica Damasio.

O parlamentar lembra que a avaliação médica permite diagnosticar, avaliar e ditar condutas, sempre com foco preventivo. “A avaliação médica é importante para todos que iniciarão a prática esportiva, homens a partir de 45 anos e mulheres com mais de 55, quando sabemos que aumentam os riscos de problemas de saúde e exigem, portanto, praticas esportivas específicas. Agradeço todos os deputados estaduais, que entenderam a relevância do tema e aprovaram o nosso projeto de forma unânime”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também