Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Número de idosos é cinco vezes maior em 20 anos, aponta Seade

28 JUN 2015 - 08h01

Ao longo dos últimos 20 anos, a população com 60 anos ou mais em Suzano quase quintuplicou, passando de 5.746, em 1984, para 27.830, em 2014. Os números representam um salto de 384,3%. A comparação foi feita baseada nos dados da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). Para este ano, a projeção é que a população da terceira idade chegue a mais de 29 mil, o que representaria 10,5% da população total de Suzano, estimada para atingir os 276,8 mil habitantes em 2015.

O envelhecimento da população é uma tendência evidente. Segundo o professor e mestre em Direito Político e Econômico, Olavo Câmara, o normal é que, para os próximos anos, o número de filhos diminua, pois os casais estão percebendo que "filho custa caro", e que o índice de idosos cresça ainda mais. "A cultura mudou. No Sudeste onde se costuma ter uma média de quatro a seis filhos por família, hoje o número caiu para um ou dois. Esse fator, aliado ao desenvolvimento das tecnologias de informação e às modernas descobertas nos tratamentos de saúde contribuem para o envelhecimento da sociedade", disse.

A faixa etária acima dos 60 anos é considerada "economicamente dependente", ou seja, está sujeita a ocupação da faixa de população entre os 15 a 59 anos, avaliada como potencialmente ativa. Em 2014, segundo projeção do Seade, os habitantes potencialmente ativos estava em cerca de 184,5 mil habitantes em Suzano. O que representava aproximadamente 15 idosos para cada 100 pessoas ativas. Segundo Câmara, se o número de idosos dependentes da faixa etária economicamente ativa mantiver crescimento progressivo, a situação pode resultar em um cenário econômico desequilibrado.

"Com o crescimento da população idosa, também vem o maior investimento por parte do governo em mecanismos da previdência social, o que pode gerar uma confusão em relação ao fator previdenciário. Hoje, o que se ganha aposentado acaba não sendo suficiente para que se tenha uma saúde de qualidade e um plano médico para uma pessoa que passa dos 60 anos é caríssimo. Isso faria com que os municípios tivessem que aumentar os investimentos na área de saúde. Neste contexto, se há diminuição da população trabalhadora, que é a que contribui para pagar esses custos, o cenário fica desajustado".



EM 15 ANOS

Em 2030, a projeção é de que Suzano alcance um total de 313.762 habitantes. Os dados mostram ainda que, a faixa etária de moradores de 60 anos ou mais deverá ser de mais de 55 mil e o total de cidadãos ativos em torno dos 198 mil. Com esses números, seriam aproximadamente 28 idosos para cada 100 habitantes ativos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias