terça 28 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cultura

Circuito Sesc de Artes leva 2 mil pessoas ao Parque Max Feffer

Público teve a oportunidade de participar de oficinas e conferir apresentações artísticas

06 maio 2024 - 19h00Por De Suzano

A programação do Circuito Sesc de Artes atraiu cerca de duas mil pessoas ao Parque Municipal Max Feffer no último domingo (05/05). Além dos equipamentos esportivos e de lazer já disponíveis no espaço, o público teve a oportunidade de conferir as modalidades artísticas pensadas especialmente para o evento, que foi organizado pela representação do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Mogi das Cruzes e contou com o apoio da Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. As atividades proporcionaram aos visitantes apresentações circenses, de artes visuais, literatura, teatro e de música.

O público teve a oportunidade de interagir com os artistas a partir das oficinas que foram oferecidas. Uma delas foi realizada pela Companhia Circo de Ébanos, formada por artistas negros e periféricos da Grande São Paulo. A trupe apresentou aos espectadores vivências circenses com elementos clássicos como malabares, paninho chinês, flags, laço, bambolê e acrobacias.

Já a Companhia Crialudis, da capital paulista, compartilhou ensinamentos sobre artes visuais por meio da oficina brincante denominada “Parafusatório”. A iniciativa favorece uma experiência inventiva e criativa a partir de diversas placas furadas, com tamanhos e formatos diferentes, que podem ser parafusadas entre si, possibilitando a realização de inúmeros projetos e criações.

A atividade literária foi promovida pela Companhia Clara Rosa, que realizou uma ação intitulada “Leituras Com Afeto”. O trabalho oferece uma experiência acolhedora e brincante ao mesmo tempo, para valorizar o autor e garantir conforto ao leitor.

O teatro também esteve presente na programação com o espetáculo “Shangri-Lá”, uma distopia tecnobrega protagonizada por André Sun e o elenco dos Desembargadores do Furgão. A comédia é centrada nos frequentadores do Shangri-Lá, misto de boteco, pensão e karaokê, em que funcionários e clientes se confundem na cumplicidade típica dos boêmios. 

A música também não ficou de fora das atividades do Circuito Sesc de Artes. Quem esteve presente no evento desfrutou do rap do DJ Nandes Castro e o Arrastão de Frevo, do Núcleo Fervo, grupo composto por uma pequena orquestra de sopros e percussão, dançarinas e dançarinos, cabeções e bonecos gigantes, que retratam o carnaval de rua. A apresentação trouxe coreografias e números solos, convidando o público a experimentar, aprender e vivenciar a magia e o calor do frevo.

O secretário José Luiz Spitti destacou a diversidade de atrações culturais que foram oferecidas no evento. “Vimos mais uma vez o Parque Municipal Max Feffer repleto de famílias e amantes da arte, que puderam ter a oportunidade de vivenciar esta incrível experiência proporcionada pelo Circuito Sesc de Artes. As atividades dialogam com tudo que valorizamos na secretaria, com o incentivo que damos a diferentes modalidades artísticas que puderam ser apreciadas nesta oportunidade”, ressaltou o chefe da pasta.