domingo 26 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cultura

Cultura faz reunião com artistas sobre Política Nacional Aldir Blanc

Durante o encontro foram recebidas sugestões para os futuros editais da pasta

07 maio 2024 - 20h00Por De Suzano

A Secretaria de Cultura de Suzano promoveu no último sábado (04/05) uma reunião com 20 artistas da cidade, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi, para prestar esclarecimentos sobre a Política Nacional Aldir Blanc (PNAB) e receber contribuições da categoria, que deverão ser consideradas no momento de elaboração dos futuros editais da pasta. A maior quantidade de demandas esteve relacionada às ações ligadas ao patrimônio cultural do município, assim como festivais e mostras culturais.

O encontro foi conduzido pelo coordenador de Editais, Fernandes Júnior, e integra o conjunto de atividades destinadas à implementação da PNAB em Suzano, que deverá contemplar aproximadamente 400 artistas suzanenses, de forma direta e indireta. Para promover essas ações, o município recebeu do Ministério da Cultura recursos da ordem de R$ 2.011.806,78, que serão distribuídos para os diferentes segmentos associados à produção cultural, incluindo o custo operacional (R$ 100.590,34), o fomento cultural (R$ 804.722,71), às obras, reformas e aquisição de bens culturais (R$ 201.180,68), o subsídio a espaços culturais (R$ 402.361,36) e a execução da Lei Cultura Viva (R$ 502.951,70), que dá suporte para entidades do segmento que estão realizando atividades no setor por ao menos três anos consecutivos.

Este processo junto aos artistas foi iniciado em 30 de abril, quando a pasta realizou, em parceria com o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), um evento on-line para apresentação do funcionamento da PNAB e de que forma os investimentos poderão garantir melhorias aos equipamentos culturais do município. Paralelamente a esta atividade, foram disponibilizados dois formulários eletrônicos, cujos objetivos são o cadastro e mapeamento de grupos, coletivos e entidades culturais (forms.gle/6mVH9ihvmdCbkEFD9), e o recebimento de outras propostas relacionadas ao tema (forms.gle/DQc7ViqXJVgXaWeh9). Os projetos voltados para sarau, educação patrimonial, mostras e festivais estão entre os pedidos com maior número de registros nesse canal, que fica acessível até o dia 10 de maio.

Com a finalização da etapa relacionada à coleta de sugestões e cadastro de entidades, a Secretaria Municipal de Cultura iniciará a fase de elaboração dos editais, tendo como norte as contribuições que foram recebidas. Na sequência, haverá a publicação da estrutura básica desses instrumentos no Diário Oficial Eletrônico e cadastro do novo plano de ação junto ao governo federal. A partir do envio dos dados, a expectativa é de que, até meados de junho, os editais estejam disponíveis para o recebimento de propostas.

Fernandes Júnior enalteceu a participação dos artistas presentes. “Foi uma grande oportunidade para esclarecermos de que forma serão desenvolvidas as etapas de implementação dessa política na cidade. Pudemos explicar o funcionamento deste mecanismo e ouvir as considerações do público. Valorizamos cada demanda recebida pois torna o nosso trabalho mais abrangente”, disse o coordenador.

Por sua vez, o secretário José Luiz Spitti afirmou que esse primeiro momento de implementação da PNAB é fundamental para que as solicitações dos artistas possam ser atendidas. “Temos criado alternativas para que todos que trabalham com arte no município possam realizar suas contribuições nesse processo. Organizamos o evento on-line, o evento presencial e temos um formulário eletrônico aberto para receber essas sugestões. Com essa participação, poderemos elaborar editais compatíveis com as necessidades que foram apontadas no período”, declarou o chefe da pasta.