sábado 15 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Entrevista/Cultura

DS entrevista atriz destaque da novela 'As aventuras de Poliana'

Raquel contou como são os bastidores da novela e falou a identificação e os desafios de contracenar Nadine

21 abril 2019 - 17h00Por Lucas Lima - de Suzano
A atriz Raquel Bertani, um dos destaques da novela "As Aventuras de Poliana", do SBT, concedeu entrevista exclusiva ao DS e revelou que a personagem Nadine, vilã interpretada por ela na trama, promete fortes emoções. Segundo ela, a personagem vai mostrar um outro lado de viver. A atriz também contou como são os bastidores da novela e falou a identificação e os desafios de contracenar Nadine. Na vida real, ela afirmou que vai participar de um longa metragem pela primeira vez na carreira. 
 
Diário de Suzano: Como está sendo gravar em As Aventuras de Poliana?
Raquel Bertani: Nunca tinha trabalhado no SBT e, nossa, desde a primeira reunião senti que é um trabalho muito especial. A galera é muito acolhedora. Me senti em casa, mesmo tendo entrado depois. Fui acolhida muito bem.
 
DS: Com o que a Raquel Bertani mais se identifica com a sua personagem (Nadine) da novela?
R.B: O lado principal dela, de ser bem sincera. Mas, ela não mede muito as palavras para conquistar aquilo que quer, o que nos diferencia. Além disso, a Nadine é determinada, uma qualidade que também tenho. Porém, a personagem passa por cima das pessoas, coisa que não faço. Nadine é imponderada. Logo na primeira entrevista de emprego dela na O11O (Onze), a personagem deixa claro que não admitiria que seria contratada apenas pela beleza. Esse lado feminista acho interessante e que também se encaixa comigo.
 
DS: Quais são os principais desafios para interpretar Nadine?
R.B: Todo ser humano tem os seus dois lados. Ninguém só faz coisas ruins. Isso que é difícil de se fazer, mostrar tanto o lado ruim quanto o bom. Um exemplo está passando nos capítulos atuais. Nadine está apaixonada por Marcelo e nesse momento, preciso trazer um lado de amor para ela. 
 
DS: Como é os bastidores da novela?
R.B: Muito amigável e que deixa o trabalho fluir com mais facilidade. Fiquei muito amiga do Otávio Martins, que interpreta o Roger, o chefe de trabalho da Nadine. E essa amizade transcende nas telas. Temos uma sintonia. Sem contar que a equipe de produção, os câmeras, diretores, todo mundo, são sensacionais. A novela, que traz uma mensagem tão linda, está sendo um sucesso por causa de todo esse trabalho. E fico impressionada como atinge tantos telespectadores.
 
DS: Do elenco da novela, quem você tem mais afinidade?
R.B: Difícil (risos). Mas, sou muito próxima a galera da Onze, onde a Nadine trabalha. Gravo bastante e fico mais próximo das personagens Joana, Cláudia, além do Roger, Waldisney e Sérgio. 
 
DS: Como funciona as gravações? E pode contar qual capítulo estão gravando no momento?
R.B: O estúdio rola à tarde inteira. Chegamos umas 13 horas para se maquiar e se preparar. Depois, por volta das 14 horas, as gravações se iniciam. Tudo acaba por volta das 20 horas. Prefiro quando tenho 15 cenas para gravar, pois não fico esperando. Mas, na maioria das vezes temos que esperar algum ator, que normalmente está gravando em outro estúdio da novela. No momento, estamos próximo do capítulo 240, mas o nosso capítulo é mais longo em comparação aos que estão passando na televisão. Normalmente, dividem um capítulo nosso em dois para os telespectadores.
 
DS: Como estuda os textos?
R.B: Lembro que no começo da novela, com aquela expectativa de estrear a personagem, preferia escrever. Para mim fazia muita diferença. Mas, quando fui entendendo melhor a personagem, tudo ficou mais fácil. Consigo decorar falando em voz alta. Agora, as vezes o texto está ali, mas na hora me solto e não sigo exatamente as palavras do roteiro. 
 
DS: Nadine promete fortes emoções na novela? 
R.B: Promete e muito. Para se ter ideia, eu nem estava esperando. Quando vi o roteiro falei 'nossa'. Fiquei eufórica (risos). Vai acontecer uma grande virada, mas que justifica muito as ações dela na novela. Será mostrado um outro lado da Nadine. 
 
DS: Quais são os seus planos para quando a novela acabar?
R.B: Participarei de um longa metragem. Será minha primeira vez no cinema. Daqui um mês devo começar os trabalhos, mas o filme só deve estrear no ano que vem. Também faço trabalhos de modelo, mas hoje em dia estou dando prioridade para a parte de atriz. 
 
DS: Qual mensagem deixa para os telespectadores que acompanham As Aventuras de Poliana?
R.B: Deixo o que me faz feliz. A mensagem da novela, que temos de jogar o jogo do contente. Ver o lado positivo das coisas. Atualmente, vivemos em um mundo turbulento e precisamos ser positivos para tudo melhorar.