sexta 19 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cultura

Festa do Divino vai ser atração no ‘Revelando São Paulo’, diz secretário

Secretário-adjunto de Cultura do estado de São Paulo, Romildo Campelo, concedeu entrevista à Radio SP/Rio 101.5 FM

17 outubro 2017 - 11h22Por Aline Moreira - Especial para o DS
O secretário-adjunto de Cultura do estado de São Paulo, Romildo Campelo, destacou, em entrevista, nesta segunda-feira (16), ao jornalista Ayl Marques, na Radio SP/Rio 101.5 FM - emissora da Rede DS de Comunicação - algumas das principais atividades culturais do estado. Ele enfatizou a volta do projeto cultural "Revelando São Paulo", que estava sem atividades há dois anos e afirmou que a Festa do Divino será eixo principal da edição que acontecerá em novembro deste ano. 
 
"Estamos fazendo uma valorização da festa. A intenção da secretaria neste ano é o reconhecimento do patrimônio imaterial da Festa do Divino, que é tradição muito forte no Alto Tietê e no Vale do Paraíba e fundamental para nossa cultura", conta. 
 
O secretario ainda ressaltou que a intenção para o “Revelando São Paulo” no ano que vem é o processo de descentralização. "Para 2018, estamos com a ideia de retomar as etapas regionais, fazer algumas etapas regionais para aumentar a participação dos municípios e ter no fim do ano um grande encontro estadual", afirma. 
 
O “Revelando São Paulo” é um programa que existe há mais de 30 anos e há 20 é administrado pelo estado. Sua volta contará com seu idealizador Toninho Macedo como curador. "É importante o resgate do reconhecimento da cultura tradicional do estado" conta o secretário sobre a volta do programa. O evento acontece de 28 de novembro a 3 de dezembro. Os municípios podem se inscrever através do site da secretaria da cultura (www.cultura.sp.gov.br) até o dia 28 deste mês. Ao todo, 180 municípios participarão. 
 
Campelo ainda contou em entrevista sobre a transformação da Serra do Itapeti em núcleo de preservação ambiental e sobre a votação a favor da serra no Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema). Ex-secretário do Verde e Meio Ambiente em Mogi das Cruzes, ele foi e é um dos apoiadores da lei de proteção da serra desde 1985. "Precisamos informar as pessoas da importância da Serra do Itapeti. Estou esperançoso com a votação, tem muita gente que conhece e sabe do assunto", revela. O secretário faz parte do Consema como representante da Secretaria de Cultura. Este assunto já está em pauta e conta com o apoio do secretário de Meio Ambiente de São Paulo, Maurício Brusadin. 
 
Outros projetos
Além dos projetos que estão retornando, o secretário contou sobre a volta do funcionamento do Museu da Língua Portuguesa que pegou fogo em dezembro de 2015. "O museu passa por uma reforma intensa. A primeira etapa da reconstrução, que será a fachada e os principais reparos, será entregue por volta do mês de março de 2018", afirma. Além das restaurações, o museu passará por uma reconceituação tecnológica do seu conteúdo para ser uma referência mundial. Sobre o acervo do Museu, o secretário garante que o mesmo não foi perdido, pois, tudo era digitalizado. A reinauguração está prevista para o fim de 2019. 
 
Questionado sobre a posição da secretaria perante a performance "La Betê" que foi exibida pelo Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e que causou polêmica nacional, ele conta que a pasta está buscando um equilíbrio no caso. "Entendemos que não se possa pensar em nenhum tipo de censura a produção artística. Por outro lado, as pessoas precisam saber para o que elas estarão expostas antes de entrar em uma exposição" conta. Ele finaliza dizendo que a Cultura estadual está desenvolvendo uma classificação para indicar a referência do publico e o tipo de conteúdo em cada ambiente do espaço.