Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 18 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL
CENTERPLEX 15 A 21/08

Mogiano cria projeto para ajudar pessoas com câncer

Thiago Batalha contou sobre a trajetória da iniciativa ‘Vença Sorrindo’

Por Daniel Marques - de Suzano14 AGO 2019 - 22h31
Thiago Batalha apresentou projeto no programa 'DS Entrevista'Foto: Munique Kazihara/Divulgação
O projeto ‘Vença Sorrindo’ foi criado com um único objetivo: o de encorajar, por meio de palestras, rodas de conversas e publicações na internet para dependentes químicos, portadores do vírus HIV, de doenças auto-imunes e depressivos, para que elas consigam superar as dificuldades por meio do riso.
 
Idealizado pelo jornalista e produtor de eventos Thiago Batalha, o projeto vem buscando mudar a realidade de vida de muitas pessoas. Foi a partir do riso que o idealizador superou uma metástase no sistema linfático. A doença foi diagnosticada no início de 2018. Ele passou cerca de um ano e quatro meses em tratamento no Hospital Oncológico A.C. Camargo, em São Paulo. 
 
Durante o programa ‘DS Entrevista’, Batalha contou sobre sua trajetória desde que descobriu a doença até a cura e a criação do projeto ‘Vença Sorrindo’. 
 
Após descobrir a enfermidade, o produtor iniciou o tratamento e diz ter convivido com o preconceito por conta da máscara em que usava. “Falavam que eu estava com HIV. No trem, as pessoas não sentavam do meu lado e me olhavam com cara de pena, porque eu estava de máscara”, relatou.
 
“O câncer vem para te ensinar. Você vai ser uma pessoa antes do câncer e uma depois do câncer. Não tem como você permanecer igual”, pontuou. 
 
O jornalista conta que a missão mais difícil, durante a época em que ficou em tratamento, foi a de contar aos pais sobre a doença. E que, a partir da primeira sessão de quimioterapia, a visão sobre a vida mudou por causa de uma visita do grupo ‘Doutores da Alegria’. “Sempre tive repulsa com palhaços. Eles foram ao quarto e me respeitaram. O Pastor Agnaldo colocou a mão no meu obro e disse uma frase que me fez escolher por lutar. Então pesquisei uma forma de vencer sorrindo”, contou.
 
A partir dessa visita, Batalha passou a pesquisar métodos diferentes para elevar a autoestima, como a terapia do riso. Os vídeos escolhidos expuseram um aumento na condição de vida de pacientes doentes. Para se ter ideia, o riso libera os hormônios da adrenalina e endorfina no corpo humano, o que aumenta na produção de anticorpos.
O produtor, então, passou a buscar formas para rir com vídeos na internet. “Passava o dia em casa gargalhando. Eu brinco que tenho quatro curas: Deus, eu, os médicos e Thiago Ventura. Assisti aos vídeos dele, e isso me fazia rir”. 
 
Atualmente, Batalha realiza palestras e rodas de conversa, com o intuito de encorajar as pessoas cometidas por doenças, como o câncer, por exemplo. “Quero mostrar para eles que, por meio da alegria e da força de vontade, você consegue vencer”, contou.
 
“A terapia do riso estimula seu cérebro e faz com que várias doenças sejam amenizadas”, emendou.
 
Virado no Avesso
 
O jornalista quer ir além com sua história. Ele está terminando de escrever o livro ‘Virado no Avesso’. A obra será inspirada na frase do Pastor Agnaldo. 
 
O livro deve trazer o dia-a-dia de Batalha durante o período em que esteve em tratamento. "Que graça teria cobrar pelo livro? E as pessoas que não têm condições para comprar e precisam? Preciso de ajuda, mas até agora não consegui. Minha ideia é doar; vender não condiz com minha história", disse.
 
Quem tiver interesse em obter mais informações sobre o projeto pode ligar no número: (11)96332-3848.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias