quarta 19 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cultura

Museus e espaços de cultura receberão câmeras para reforço na segurança

24 abril 2019 - 14h14Por de Mogi
Mogi das Cruzes está adotando medidas de reforço na segurança de museus e espaços de cultura da cidade. A ideia é instalar câmeras de monitoramento. A ação tem por objetivo evitar episódios como o ocorrido na semana passada, com a imagem sacra de Nossa Senhora da Conceição.
 
A princípio, foram adquiridas 20 câmeras, que serão instaladas na Pinacoteca, no Arquivo Histórico Municipal ‘Historiador Isaac Grinberg’ e no Museu Virtual de Educação. 
 
Só na Pinacoteca, serão 12 câmeras, que serão divididas nas oito nas salas expositivas, corredores, entradas e saídas do prédio. Já no Arquivo Histórico serão duas, sendo uma para cada pavimento e no Muve serão instalados os demais seis equipamentos. O investimento inicial foi de aproximadamente R$ 12,5 mil.
 
A pasta de Cultura está desenvolvendo o planejamento para que providências sejam adotadas nos prédios do Casarão do Carmo, onde está o Museu Visconde de Mauá, no Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos (Museu dos Expedicionários) e no Museu Taro Konno, situado no Parque Centenário da Imigração Japonesa.
 
A Prefeitura adotou algumas restrições referentes ao funcionamento de determinados espaços. 
A Pinacoteca, por exemplo, está fechada, até que seja feita a completa desmontagem da exposição Arte Sacra em Mogi das Cruzes, que ocupava o piso superior do prédio. 
 
Já o Museu Guiomar Pinheiro Franco, no Centro da Cidade, a partir de agora só receberá visitas espontâneas no seu piso térreo. No pavimento superior, só poderão ser feitas visitas de grupos, com agendamento prévio. A meta é proteger os acervos dos museus do município.