Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 24 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/06/2019
PMMC AGASALHO
PMMC JUNHO VERDE
Governo do Estado - Feminicídio

Samba e feijoada animam o Espaço Opereta neste domingo

Wal Serra e o grupo Cartilha do Samba se apresentam às 11 horas, com boa comida brasileira

Por de Poá21 MAI 2019 - 21h11
Grupo Cartilha do Samba foi fundado em 2015 e nasceu no Bar do Peruche, em São Paulo, reduto de uma das principais escolas de samba paulistanasFoto: Divulgação
Os bambas voltam a se reunir neste domingo, 26, no Espaço Cultural Opereta, em Poá. A cantora Wal Serra reúne os amigos e convidados para a nova edição do show ‘Roda de Bambas’, desta vez, mais cedo, às 11 horas. O grupo convidado para esse pagode de mesa é o ‘Cartilha do Samba’. A classificação é livre para todos os públicos e o ingresso que inclui uma feijoada custa R$ 30, sendo R$ 25 antecipado e R$ 20 para associados.
 
Wal Serra é paulistana e desde criança teve contato direto com a música, assistindo os ensaios do grupo de chorinho, ao qual seu pai, Waltão do violão (já falecido), integrava. Autodidata, passou a reproduzir os primeiros acordes no violão, mas foi no vocal que acabou se destacando.
 
Formada em Música, desde 1995, passou a integrar bandas de baile, como vocalista, além de coros e madrigais, ampliando seu repertório e seu amor pela música. Grande admiradora do samba, inspira-se em Dona Ivone Lara, Roberto Ribeiro, Délcio Carvalho e Clara Nunes, entre outros, na composição do seu repertório.
 
Roda de Bambas
 
A cada edição do Roda de Bambas, a artista convida um grupo para cantar e encantar no Espaço Cultural Opereta. O grupo Cartilha do Samba foi fundado em 2015 e nasceu no Bar do Peruche, em São Paulo, reduto de uma das principais escolas de samba paulistanas. Surgiu com a proposta de simplesmente rever os amigos, bater um papo, tomando cerveja. E foi assim que o projeto foi criado. André Luiz Santos e Rodrigo Oliveira, o Rodrigo Schumacher lideram o grupo.
 
A feijoada que será feita na hora será distribuída em marmitex individual que contém os pertences do porco, arroz, feijão preto, couve e farofa. A bebida é paga a parte. O valor arrecadado será revertido para a manutenção dos projetos realizados pela Associação Cultural Opereta.
 
SERVIÇO
 
O evento acontece no domingo, a partir das 11 horas, no Espaço Cultural Opereta, localizado na Rua Dr. Emílio Ribas, 168, Vila Sopreter, em Poá. Os interessados podem obter informações, de segunda a sexta-feira, das 14 às 19 horas, por meio do telefone 4634-1175. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias