domingo 19 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cultura

Show de Valéria Custódio tem lançamento de disco no Sesc Mogi

Cantora mogiana sobe ao palco do Sesc às 20 horas desta quinta-feira (10)

09 novembro 2022 - 17h10Por de Mogi
A cantora mogiana, Valéria Custódio, se apresentará nesta quinta-feira (10), no Sesc Mogi das Cruzes. A apresentação está marcada para às 20 horas e é gratuita, sem necessidade de reservar ingressos.
 
Marcando a programação especial em homenagem a Consciência Negra, lança o álbum ‘Miragem’, seu mais recente trabalho, que transforma em músicas pensamentos sobre o tempo, o respeito, a cultura afro, a religiosidade e principalmente o amor. 
 
Este será o segundo show da artista no Sesc Mogi. O primeiro foi em março, pela turnê do disco anterior, ‘Púrpura’. Valéria diz ter ficado “muito feliz de voltar”.
 
“O Sesc é um grande equipamento, uma grande ideia, importantíssima para abrigar ações culturais, educacionais, ambientais. É uma grande organização e porta de entrada para apresentar trabalhos artísticos, o que é muito importante não só para o artista independente, mas para todos que tenham trabalho, que estão lançando, que estão divulgando. Espero que essa unidade do Sesc Mogi continue durante anos e que abrigue muitos trabalhos independentes, da galera da cidade de Mogi que sempre falei, sempre curti, é uma cidade que tem muito talento”.
 
‘Miragem’ é pensado para refletir o momento atual. Por isso, Valéria Custódio, de 27 anos, procurou parcerias com outros artistas independentes e jovens, além de produtores e gestores de mídias sociais. Um destes nomes é Kau Caldas, músico que assina a canção ‘Faxina’, escrita para o formato voz e violão, com uma letra recheada de autoconhecimento, de quem viveu muitas coisas. E a mensagem se encaixa muito bem agora, quando o ser humano ainda está em êxtase após um longo período de isolamento social. 
 
“Quero mostrar o novo, o artista independente atual. O que esta geração está fazendo, está cantando? A gente está protestando? O que estamos fazendo? Estamos usando o amor como arma? Quero levantar essas questões, e o ‘Miragem’ é acessível para isso. É pensado para todo mundo ouvir e sentir, se conectar com as ideias”, explica a idealizadora.
 
No show, o público acompanhará um momento muito intimista, mas ao mesmo tempo aberto a interpretações. Isso porque Valéria compartilhará o próprio amadurecimento nos últimos anos. Ela explica: durante a pandemia, assim como muita gente, se viu obrigada a “internalizar muita coisa”. ‘Miragem’, com 10 canções inéditas, é a representação do próximo passo, de pôr tudo para fora, em forma de arte, para ser interpretada e digerida.
 
Por isso, ela aparecerá sozinha no palco, simbolizando o isolamento da fase mais crítica da pandemia de Covid-19. Nesta etapa, cantará alguns dos mais íntimos e belos sentimentos do projeto, como em ‘Voraz’, música que faz parte da trilha sonora de outro projeto de Mogi, o filme curta-metragem ‘Nunca Estarei Lá’.
 
O Sesc Mogi está localizado na rua Rogerio Tacola, 118, no bairro do Socorro.