Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 20 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

O que sobrou!

08 ABR 2015 - 08h00

A grande importância das obras do Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21) nas cidades da região é indiscutível, uma vez que essa “esquina” do Estado é, sem dúvida, um acesso importante para outras regiões.

Só para se ter uma ideia, quem segue pela Rodovia Henrique Eroles (SP-66) - por Poá, na divisa de Suzano -, por exemplo, sabe que pode ter acesso ao Grande ABC ou ao litoral de São Paulo, por meio do trecho do Rodoanel, instalado na Vila Ibar. Uma importante oportunidade de trafegar mais rapidamente por regiões que outrora eram praticamente impossíveis de percorrer partindo da região do Alto Tietê.

O problema, no entanto, é como ficaram as obras. Calçadas destruídas, acúmulo de entulhos e falta de pavimentação em trechos situados sob o Rodoanel são constantemente vistos por quem passa por estes locais.

O DS esteve ontem, por meio do repórter Alan Viana, nos trechos por onda passa o Rodoanel, especificamente na Estrada de Santa Mônica, Avenida Brasil, Miguel Badra e Suzanópolis, todos em Suzano, para verificar a situação.

Em todos os trechos faltam obras de infraestrutura. Do que sobrou dos serviços do Rodoanel, pôde se verificar falta de calçadas e trechos imensos sem pavimentação.

A situação acarreta grandes problemas aos moradores das imediações. Na última chuva, por exemplo, ocorreram inundações na Avenida Brasil. Lama se espalhou por toda parte.

Ontem, a SPMar informou ao DS que deve propor aos prefeitos das cidades da região reunião para propor o que fazer após o término das obras do Rodoanel.

Consta em contrato, todavia, segundo a SPMar, que a responsabilidade sobre a realização de obras, nestes trechos, seriam de responsabilidade dos municípios.

O que não pode ocorrer, neste momento, é a situação ficar desta forma. A pergunta que fica: a Avenida Brasil, em Suzano, sob o Rodoanel, vai ficar como está?

Não é o que Suzano espera, por parte da SPMar e também das autoridades envolvidas nas obras do Rodoanel.

É preciso ter sensibilidade para garantir os melhores serviços e obra digna que vem de encontro aos anseios da população.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias