Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Operação policial

26 JUN 2015 - 08h00
O trabalho da Polícia Civil da região merece ser destacado. Em uma megaoperação, o trabalho obteve êxito com a prisão de 103 pessoas, apreensão de 13 menores e o recolhimento dois quilos de drogas, embaladas em mil papelotes, em 24 horas. Além disso, foram recolhidos ao menos 29 mil produtos piratas ou fruto de contrabando.

O trabalho policial visa, sem dúvida, garantir maior sensação de segurança aos moradores das cidades da região. Tem contribuído para tirar de circulação dezenas de criminosos que praticam toda sorte de crimes nas cidades da região.

No balanço divulgado pela Delegacia Seccional os dados mostram que do total de presos, 43 estão envolvidos diretamente com o tráfico de drogas, sendo que destes, 13 são menores de idade. Ainda durante a operação, 62 foram levados em flagrante e 32 mandatos judiciais foram cumpridos.

Devido ao alto número de prisões, a operação está sendo vista como a maior do Alto Tietê. Envolveu 157 policiais, 63 viaturas e foi realizada em oito das dez cidades da região. A maioria das prisões foram feitas em Itaquaquecetuba e em Suzano.

Na cidade suzanense, as imediações do bairro Miguel Badra foi citado como um ponto crítico em relação ao tráfico de drogas.

Nos dados apresentados, pelo menos 97% dos presos são reincidentes, ou seja, já tiveram passagem pela polícia. Entre os presos está um envolvido no homicídio que aconteceu em Salesópolis. Com os resultados será possível apresentar ao Estado uma possível proposta para aumento do contingente policial na região.

Na última década, a questão da segurança pública passou a ser considerada problema fundamental e principal desafio ao estado de direito no Brasil. A segurança ganhou enorme visibilidade pública e jamais, em nossa história recente, esteve tão presente nos debates tanto de especialistas como do público em geral.

Os problemas relacionados com o aumento das taxas de criminalidade, o aumento da sensação de insegurança, sobretudo nos grandes centros urbanos, a degradação do espaço público, as dificuldades relacionadas à reforma das instituições da administração da Justiça criminal, a violência policial, a ineficiência preventiva de das instituições.

O certo é que as ações de segurança são primordiais para garantir o bem-estar da população.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias