Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Dunga chama Robinho e Casemiro e deixa Oscar de fora da Copa América

06 MAI 2015 - 08h01

O grupo da seleção brasileira que vai buscar o título da Copa América, no Chile, já é conhecido. Ontem, em evento na sede da CBF, o técnico Dunga divulgou a lista de 23 jogadores convocados, em uma relação sem grandes novidades, como havia sido antecipado pelo próprio treinador, e liderada pelo craque Neymar, mas sem o meia Oscar, do Chelsea, e com o volante Casemiro, do Porto, além do atacante Robinho, hoje no Santos.

Mais uma vez, Dunga resolveu apostar em Robinho, jogador de confiança na sua passagem anterior pelo comando da seleção e que continua em alta com o treinador, ainda mais após conquistar o título do Campeonato Paulista no último fim de semana.

A relação não chegou a ter nenhum novato sob o comando de Dunga, mas a presença de Casemiro causou certa surpresa, pois o jogador não vinha sendo constantemente convocado. O treinador também resolveu apostar no meia Everton Ribeiro, ex-Cruzeiro, que havia ficado de fora da convocação anterior após se transferir para o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos. Ele acabou ficando com a vaga de Oscar, campeão inglês pelo Chelsea e que, segundo Dunga, está lesionado.

Escolhido pela suceder o técnico Luiz Felipe Scolari no comando da seleção após o fracasso na Copa do Mundo de 2014, Dunga está invicto dirigindo a equipe nesta segunda passagem pelo Brasil, incluindo triunfos nos dois amistosos de 2015, diante da França (3 a 1) e do Chile (1 a 0).

E a relação divulgada por Dunga conta com oito jogadores que fizeram parte do grupo do Brasil na última Copa. São eles: Jefferson, Marcelo, David Luiz, Thiago Silva, Luiz Gustavo, Fernandinho, Willian e Neymar. Mas o treinador também apostou em nomes recentemente lançados, como os atacantes Roberto Firmino, do Hoffenheim (Alemanha), e Diego Tardelli, do Shandong Luneng (China), e que brilharam pelo Brasil sob o seu comando.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias