sexta 19 de julho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/07/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Ferraz promove ações no Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

Programação levou manifestações artísticas e cartazes com reflexões sobre os direitos fundamentais das crianças

12 junho 2024 - 21h00Por De Ferraz

A Secretaria de Assistência Social de Ferraz de Vasconcelos e a Comissão Municipal do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) reuniram crianças e adolescentes para celebrar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, nesta quarta-feira, 12 de junho, com mensagens de conscientização sobre a importância de garantir uma infância plena e segura. A frase “criança não trabalha, criança dá trabalho” guiou a caminhada até o Calçadão da XV de Novembro.

A programação levou manifestações artísticas e cartazes com reflexões sobre os direitos fundamentais das crianças, que garantem acesso à educação e saúde, livres de exploração e outras violações. Com alegria e disposição, centenas de alunos atendidos pelos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do município marcaram presença.

As equipes do Serviço Promocional Nossa Senhora Aparecida, OIAEU, Comunidade Kolping, ECAC e Lar Betânia passaram a mensagem de sensibilização com muitas cores, criatividade e conhecimento da luta.

A data foi criada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002, quando foi apresentado o primeiro relatório global sobre o trabalho infantil na Conferência Anual do Trabalho. O símbolo da campanha é o cata-vento de cinco pontas coloridas, que representa a alegria que deve estar presente na vida das crianças e adolescentes, assim como o movimento contínuo para erradicar e impedir o trabalho infantil.

De acordo com o coordenador da Assistência Social, Rodrigo Siqueira, a luta pelo combate a erradicação do trabalho infantil é diária. “A caminhada foi um grande sucesso e também evidencia todo o trabalho e dedicação que os serviços assistências realizam aqui na cidade, sempre dedicados em preservar e resguardar os direitos infantis. Crianças e adolescentes devem brincar e estudar, essa é a proposta da campanha”, destaca.