Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Alça de acesso ao Rodoanel terá seis viadutos e investimento de R$ 160 mi

29 MAI 2015 - 08h01

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) autorizou ontem a construção da alça de acesso que vai ligar a Estrada dos Fernandes ao Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21). O projeto terá o investimento de R$ 160 milhões e contará com seis viadutos e um quilômetro de vias marginais. A previsão é de que a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) autorize o início das obras no 2º semestre deste ano. A estimativa é de que os serviços tenham duração de 18 meses, ou seja, devem ser concluídos em 2017. A construção do acesso será de responsabilidade da SPMar, concessionária responsável pela construção e administração do Trecho Leste. A verba utilizada será proveniente da arrecadação do pedágio, mas, segundo a SPMar, não é descartada a possibilidade de o valor também ser abatido da multa que a concessionária poderá receber por conta do atraso na entrega das obras.

O tucano afirmou, no evento realizado no Palácio dos Bandeirantes, que a autorização foi dada após pedido dos prefeitos pertencentes às cidades cortadas pelo Rodoanel, entre eles, o de Suzano, Paulo Tokuzumi (PSDB) e de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló (PSDB). A previsão é de que o novo acesso beneficie 1,4 milhão de habitantes de Suzano, Ribeirão Pires, Mauá, Poá, Ferraz de Vasconcellos e Itaquaquecetuba. "Isso vai trazer um grande benefício direto e muitos frutos, porque vai abrir um grande potencial para novas indústrias, novas empresas de serviço, de logística e desenvolvimento para a região", disse Alckmin.

A obra consiste em um complexo composto por duas pistas (uma em cada sentido) com duas faixas de rolamento cada, com cerca de 2,4 quilômetros de extensão, seis viadutos e um quilômetro de vias marginais. Dois desses viadutos serão feitos no entroncamento com o Rodoanel (na altura do km 104, em Suzano, próximo à divisa com Ribeirão Pires), assim como a marginal, dois viadutos erguidos para transpor a Estrada do Moreira e dois na Estrada dos Fernandes.

Alckmin afirmou que o novo acesso tem papel estratégico para Suzano, principalmente, por conta da proximidade com os outros municípios da região. "Suzano é uma cidade muito importante do ponto de vista logístico. Esta é apenas uma das obras do Estado no município, que está recebendo mais de R$ 500 milhões em investimentos. Parabéns Suzano, parabéns prefeito Paulo Tokuzumi".

O chefe do Executivo de Suzano afirmou que o acesso vai trazer mais desenvolvimento para a região e permitir a atração de novas indústrias e empreendimentos por conta da facilidade de acesso. "O governador tem sido um grande parceiro de Suzano. Todo o Alto Tietê está em festa com o anúncio dessa obra, que será um grande indutor de desenvolvimento", afirmou. "A crise econômica se combate com infraestrutura e logística. Desta forma, o novo acesso vai garantir condições para que toda a região se desenvolva, através da atração de novas indústrias e empreendimentos, já que teremos acesso ainda mais facilitado à São Paulo e ao Porto de Santos".

O deputado estadual Estevam Galvão (DEM) também participou do evento e frisou a importância da obra. "Já contamos com uma alça ao Rodoanel em Suzano, mas precisávamos de outra que desse acesso à cidade para quem já está no Rodoanel, vindo de São Paulo, do ABC, litoral e outras localidades. É uma obra importantíssima, batalhamos muito para que se tornasse realidade".

O deputado estadual André do Prado (PR) acredita que esta obra propiciará o desenvolvimento da região, facilitando o deslocamento e escoamento das produções. "Outro fator que também é de grande importância é a mobilidade urbana. O acesso ao Rodoanel permitirá que os caminhões utilizem este acesso liberando outras estradas", argumentou.

Também participaram do evento os prefeitos de Poá, Marcos Borges (PPS), o Marcos da Gráfica; de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló (PSDB); de Arujá, Abel Larini (PR); e, de Salesópolis, Benedito Rafael da Silva (PR).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias