Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Condemat vai pedir 70% dos leitos de hospital para atendimento da região

23 MAI 2015 - 08h00

A Câmara Técnica Legislativa do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) se reuniu ontem para avaliar as propostas que serão apresentadas na próxima terça-feira ao secretário estadual da Saúde, David Uip. Além de dez assuntos já debatidos em uma reunião anterior foram solicitados a inserção de três novas propostas: a reserva de 70% dos leitos do Hospital Estadual de Suzano para atendimento de pacientes da região, transformar o Ambulatório de Especialidades de Suzano em um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e a inclusão do serviço de Nefrologia no Hospital Regional Osíris Florindo Coelho. O encontro aconteceu na Câmara de Poá.

A reunião entre Uip, os prefeitos e secretários da região está agendado para a próxima terça-feira, às 11 horas, na Secretaria de Saúde do Estado, em São Paulo. O objetivo é cobrar mais agilidade em relação a alguns atendimentos realizados no Alto Tietê. Algumas das demandas debatidas já são cobradas há algum tempo.

A primeira reunião realizada para debater os assuntos que seriam discutidos em São Paulo foi realizada no último dia 15. Entre as propostas debatidas na ocasião estão a implantação de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, melhorias no atendimento do Hospital Luzia de Pinho Melo e a implantação de mais leitos e consultas psiquiátricas (veja tabela completa ao lado).

Os novos temas foram apresentados ontem pelo presidente da Câmara de Suzano, Denis Claudio da Silva (DEM), o Filho do Pedrinho do Mercado. Ele explicou que as solicitações ajudarão a melhorar a saúde não só em Suzano, mas também em todo Alto Tietê. "O Hospital Estadual terá 120 leitos. Queremos assegurar que os moradores da nossa região tenham garantia de atendimento", adiantou.

Além disso, a propostas de tornar o Ambulatório de Especialidades em AME tem o objetivo de garantir uma melhor infraestrutura. "Precisamos oferecer à população da cidade uma estrutura melhor e maior", comentou. Com o Ambulatório Médico de Especialidades, será possível realizar consultas com especialistas (cardiologistas, endocrinologistas, neurologistas, pneumologistas e gastroenterologistas), além de fazer todos os exames médicos". Atualmente, a unidade realiza mais de seis mil consultas e dois mil exames por mês.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias