Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2017
mrv

Delegacia da Mulher de Suzano inicia atividades e faz últimos ajustes

11 AGO 2015 - 08h01
A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Suzano foi aberta oficialmente ontem, às 9 horas. O espaço que está preparado para realizar atendimento especializado à mulher vítima de violência, passa pelos últimos ajustes. Entre eles, organização do mobiliário e Sala Rosa.

Segundo a delegada titular da unidade, Silmara Marcelino, o espaço foi aberto com um investigador, um agente de comunicação e duas escrivãs. Contudo, a Delegacia Seccional deve enviar para a DDM mais escrivães e investigadores, sendo que a Prefeitura disponibilizará um auxiliar administrativo, uma psicóloga e uma assistente social.

"Estamos preparados para prestar o atendimento à mulher vítima de violência. Toda a estrutura foi montada para oferecer conforto e segurança. Com a organização da Sala Rosa (espaço que oferece atendimento psicológico e jurídico à mulher vítima de violência), ela será transferida da Delegacia de Polícia (DP) Central para esta unidade", completa.

Silmara explica que a DDM funcionará das 9 às 19 horas, de segunda a sexta-feira. Aos finais de semana, feriado e período noturno, as vítimas poderão pedir auxílio no DP Central. "A Delegacia nos encaminhará todos os Boletins de Ocorrência (B.O.), sendo que em situações de emergência o próprio DP prestará todo atendimento", pontua.

De acordo com a delegada, o levantamento prévio da Seccional aponta que 30% das ocorrências registradas em Suzano são de violência contra mulher. Lesão corporal e ameaça são os casos mais recorrentes. "Por isso montamos uma estrutura diferenciada e acolhedora", completa.

UNIDADE

A inauguração do espaço foi feita na sexta-feira, em São Paulo, pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante celebração de 30 anos da 1ª DDM. A unidade também é um espaço de orientação e conversa. Isso porque nem todas as agressões contra as mulheres são físicas. Para isso, a DDM contará com profissionais preparados. Entre eles, as voluntárias da Comissão da Mulher Advogada (CMA), que também farão o atendimento na Sala Rosa, sendo a presidente da Comissão, Maria Margarida Mesquita, responsável pelo setor.

O espaço conta com um andar. No térreo está localizado o plantão, sala de espera, sala de comunicação, cozinha e banheiro. No primeiro andar fica a sala da delegada, cartório central e outros dois cartórios. Na parte traseira do imóvel está à sala de triagem para preso provisório (enquanto aguarda o alto de flagrante e transferência para DP ou CDP) e Sala Rosa.

Conforme publicado pelo DS anteriormente, a DDM fica na Rua Presidente Nereu Ramos, 302. Suzano é a segunda cidade do Alto Tietê a ter uma delegacia especializada no combate e prevenção à violência contra a mulher na região. A primeira unidade está situada em Mogi da Cruzes.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias