Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 22 de novembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2019
COLÉGIO PLENITUDE
PMMC NOVEMBRO AZUL
Pmmc Refis 2019
PMMC SEGURANÇA
Pmmc maternidade

Farmácias Populares de Suzano são opções para a falta de medicamentos

15 AGO 2015 - 21h30

A Prefeitura de Suzano recomendou, esta semana, que em caso de falta de medicamentos nos postos de saúde, a população recorra às Farmácias Populares.

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do distrito Palmeiras é mais um posto de Suzano que sofre com problemas de abastecimento de medicamento.

A administração municipal explicou que a falta de remédios ocorre por conta de uma questão de logística na entrega, e garantiu que o problema deverá ser resolvido em poucos dias. O problema afeta, principalmente, os pacientes que dependem dos remédios de uso contínuo, que podem ser retirados gratuitamente nas unidades de saúde. O aposentado, Cláudio Gilmar Neves dos Santos, de 62 anos, é morador de Palmeiras e precisa de remédio para hipertensão e diabetes. Ele conta que, há alguns meses não consegue retirar a medicação nos postos. Disse ainda, que a situação tem sobrecarregado a Farmácia Popular.

"Preciso dos remédios, mensalmente. Fui ao posto e também na Farmácia Popular, mas não encontrei medicação em nenhum dos lugares. As pessoas não encontram medicamento no posto e vão procurar na Farmácia Popular, que acaba ficando suportando a demanda", disse o aposentado. Santos precisa tomar dois remédios para hipertensão (Enalapril e Anlodipino), e um para diabetes (Metformina), que variam de R$ 6 a R$ 50. Além disso, afirma que nos postos falta inclusive ácido acetilsalicílico, um tipo de aspirina mais conhecido pela sigla AAS.

Uma equipe do DS foi até a Farmácia Popular de Palmeiras e não constatou a falta dos remédios acima citados. Porém, o local está com a ausência de outro medicamento para diabetes, a Glibenclamida, que deve chegar à farmácia daqui a três semanas. Já em relação à UBS, realmente há a falta de todos os medicamentos mencionados.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias