Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Qualidade de água que abastece Suzano melhora em um ano, diz Cetesb

10 JUN 2015 - 08h01

A qualidade da água que abastece Suzano melhorou entre 2013 e 2014. De acordo com o Relatório de Águas Superficiais no Estado de São Paulo, divulgado pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), o líquido tinha condições regulares, em 2013, e passou a ter qualidade boa no ano passado. Mais três pontos da região foram avaliados, sendo que dois tiveram pior índice de qualidade e um apresentou melhora.

Para avaliar a qualidade da água, a Cetesb calcula o Índice de Qualidade das Águas Brutas para Fins de Abastecimento Público (IAP), que leva em questão uma série de fatores, como a qualidade de oxigênio da água. O índice é dividido em cinco classificações: péssima (com IAP menor que 19), ruim (entre 19 e 36), regular (entre 36 e 51), boa (entre 51 e 79) e ótima (entre 79 e 100).

O reservatório de Taiaçupeba, utilizado para abastecer a cidade suzanense, teve um índice com IAP 55, no ano passado, e, 48, em 2013. A qualidade foi medida quatro vezes. Em janeiro do ano passado, a qualidade era considerada ruim. Nos outros meses em que houve medição - maio, julho e novembro -, a condição era boa, mas houve oscilação no IAP. Em julho, por exemplo, o IAP era 78. Foi o maior índice registrado. A vazão de água da represa para abastecimento é de 13,9 mil litros por segundo.



REGIÃO

No Alto Tietê, a Cetesb mediu a qualidade da água em Mogi das Cruzes e Santa Isabel. No município mogiano houve avaliação em dois pontos, no Rio Tietê e na Represa do Rio Jundiaí. No principal rio do Estado, a qualidade da água melhorou em um ano, mas mesmo assim o índice de 2014 era considerado regular com um IAP 43. Em 2013, o índice era de 34, ou seja, classificado como ruim. Já na Represa Jundiaí, a qualidade é considerada boa, mas houve uma diminuição do índice no período, passando de 63 para 58. Em Santa Isabel, a medição foi feita no Reservatório Jaguari. O índice também piorou entre 2013 e 2014, mas a qualidade da água é considerada boa.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias